Publicidade

Ameaçado, "novo" Paraná busca recuperação fora de casa

As duas equipes estão em pontas opostas da tabela e lutam por objetivos completamente diferentes na Série B. O Paraná, 4º colocado com 45 pontos, luta pelo acesso. O América-RN, penúltimo com 27, tenta sair da zona de rebaixamento. Nesta terça-feira (8), às 21h50, paranaenses e potiguares se enfrentam no Nazarenão, em Goianinha.

Se os objetivos das equipes no campeonato são distintos, o momento dos times preocupam ambas as torcidas. Após encerrar o primeiro turno na terceira colocação com 36 pontos (cinco de vantagem para o quarto e quinto colocados), o Paraná viu seu desempenho despencar no segundo turno. Nas últimas sete rodadas foram apenas duas vitórias, sendo que nas duas últimas rodadas, mesmo jogando em casa, a equipe não conseguiu somar pontos contra o América-MG e o Avaí.  A sequência ruim derrubou o Paraná para a quarta colocação, com apenas um ponto de vantagem para o quinto colocado.

Já o América-RN está na penúltima colocação, mas apenas um ponto atrás do 16º colocado, o Paysandu. O time potiguar, contudo, vem de uma sequência de cinco partidas sem vencer (três derrotas e dois empates). No fim de semana, o técnico Pintado, que comandou o Paraná em 2007, foi demitido. O ex-jogador Leandro Sena, que comandava a equipe Sub-20 do clube, assumiu o time profissional e teve tempo de fazer apenas uma atividade antes deste jogo.

Times novos

O Paraná deverá ir a campo com uma nova cara. Moacir, com dores no joelho, ficará de fora. Com isso, Roniery deverá ser o titular. Outra mudança é a entrada de Cambará no lugar de Edson Sitta, suspenso.

No setor de criação, Dado Cavalcanti não contará, novamente, com Lucio Flavio. Fernando Gabriel seguirá entre os titulares, com Felipe Amorim e Ronaldo Mendes completando o trio ofensivo do meio de campo, com Paulo Sérgio sozinho no ataque, já que Reinaldo ficou em Curitiba para trabalhos de recuperação.

No América-RN, o lateral-direito Norberto volta após cumprir suspensão. No lado esquerdo, Wanderson toma a vaga de Raí. No meio, o volante Fabinho assume o lugar de Daniel Amora, enquanto o meia Régis deverá fazer sua estreia pela equipe.

A novidade que mais anima a torcida potiguar, contudo, é o retorno do atacante Max, ex-Palmeiras. O jogador havia sido suspenso no ano passado por dois anos pelo uso de cocaína, mas conseguiu a liberação para voltar a jogar após ficar um ano longe dos gramados.

Em Goianinha

América-RN: Andrey; Norberto, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Coutinho, Fabinho, Marcio Passos e Régis; Rodrigo Pimpão (Adriano Pardal) e Max. Técnico: Leandro Sena.

Paraná:
Luis Carlos; Roniey, Anderson, Brinner e Paulinho; Cambará, Ricardo Conceição, Fernando Gabriel, Felipe Amorim e Ronaldo Mendes; Paulo Sérgio. Técnico: Dado Cavalcanti.
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Local: Nazarenão, em Goianinha (RN), às 21h50

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES