Publicidade

Anderson Silva voltará a lutar, diz treinador

Anderson Silva sofreu sua segunda derrota no UFC e ainda acabou fraturando a perna esquerda, o que deverá afastá-lo do octógono por pelo menos seis meses. Desde a lesão no UFC 168, durante a luta contra Chris Weidman, muito comentou-se sobre uma possível aposentadoria do Spider. Contudo, segundo Pedro Rizzo, técnico do ex-campeão dos médios, o brasileiro pretende voltar assim que se recuperar.

Em entrevista ao site americano MMA Fighting, Rizzo afirmou que, ainda no hospital, Anderson disse para ele: Vou voltar, mestre. Vou voltar". Ele é um lutador, tem seis meses para se recuperar e depois decidir o que vai fazer em seguida, afirmou o treinador.

Rizzo ainda garantiu que o Spider tem totais condições de retornar ao octógono, se assim desejar. Contudo, lembrou que o lutador deverá tomar a decisão com calma e focar, primeiramente, em sua recuperação. Ele acabou de quebrar a perna, então tem muitas coisas para pensar no momento. Ele não tem mais nada para provar no octógono. Mas, se ele decidir lutar de novo, estaremos lá para ajudá-lo, garantiu.

Além de perder a luta e a chance de retomar o cinturão, Anderson Silva acabou fraturando a tíbia e a fíbula da perna esquerda ao aplicar um chute baixo em Chris Weidman na luta principal do UFC 168. O brasileiro passou por uma cirurgia e deverá ficar se recuperando por cerca de seis meses.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES