Ao lado de Guedes e outros ministros, Bolsonaro faz 2ª visita à Fiesp em um mês

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, estão reunidos desde as 10h30 (de Brasília) com empresários em encontro promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na sede da entidade, na capital paulista. Há a expectativa de que uma fala do presidente aos empresários seja transmitida a jornalistas, que poderão acompanhá-la por telões instalados em outra sala. Não há previsão de horário para a transmissão.

Esta é a segunda visita de Bolsonaro à Fiesp em um intervalo de um mês, em mais um gesto de aproximação ao empresário Paulo Skaf, que preside a entidade.

O movimento ocorre ao mesmo tempo em que o presidente se distancia cada vez mais do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que fez campanha para Bolsonaro na disputa presidencial de 2018 e foi adversário de Skaf na disputa para o governo do Estado.

Além de Guedes, outros representantes do primeiro escalão do governo acompanham Bolsonaro. São eles: o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, o ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, o secretário-especial de Comunicação Fábio Wajngarten, o advogado-geral da União, André Mendonça e o presidente da Embratur, Gilson Machado.

O encontro, chamado pela Fiesp como a primeira reunião do Conselho Superior Diálogo pelo Brasil, tem a participação de 34 empresários e executivos, entre eles André Bier Gerdau Johannpeter (Gerdau), Luiz Carlos Trabuco Cappi (Bradesco), Flavio Rocha (Riachuelo) e Carlos Alberto de Oliveira Andrade (Caoa).