Publicidade

Aos 17 anos, Talles Magno comemora 1º gol como profissional do Vasco

Com apenas 17 anos, o atacante Talles Magno foi o destaque da vitória do Vasco sobre o São Paulo por 2 a 0, neste domingo à tarde, no estádio de São Januário. A partida foi válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um gol muito festejado, inclusive com dancinha e cartão amarelo por ter exagerado na comemoração.

Considerada uma das principais promessas do clube carioca, o jovem atacante marcou seu primeiro gol como profissional. O feito aconteceu aos 11 minutos da etapa final, quando Danilo Barcelos cobrou escanteio pela esquerda, Anderson Martins cortou mal e Talles teve calma. Ele ajeitou a bola e, com calma, tocou de perna esquerda para as redes.

"O gol e atuação foram como eu sempre sonhei. Eu trabalhei desde criança sonhando em chegar este momento. Esta vitória é muito importante, porque nos dá tranquilidade e traz confiança para todo o grupo. Subimos um pouco na tabela e agora é trabalhar para continuarmos buscando nossos objetivos", explicou o jovem jogador.

O atacante ainda mostra empolgação típica da idade. Na comemoração do seu gol, recebeu um cartão amarelo na comemoração do gol. "Na hora do gol, fui procurar minha família para comemorar com eles, mas não achei de jeito nenhum. Estou muito feliz", justificou.

Talles Magno é figura fácil nas convocações da seleção brasileira sub-17 e recentemente foi protagonista de uma batalha entre a direção do Vasco e a CBF. A diretoria da equipe carioca vetou sua ida em agosto para a seleção e acionou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para garantir sua escalação no clássico contra o Flamengo, na rodada passada.

Na coletiva após o jogo, o técnico Vanderlei Luxemburgo elogiou o atacante. "Temos que deixar e dar tranquilidade para ele jogar. Vai ter jogos em que vai dar o drible e vai perder, aí vou dar uns tapas na orelha dele. Mas é um jogador que está aí, buscando seu espaço. Temos no Brasil essa pressa de fazer do moleque de 17 anos a salvação da pátria, temos que ter muita calma com ele", ponderou, na tentativa de baixar o clima de euforia com o possível novo craque.

Sobre a vitória sobre o São Paulo, o treinador considerou muito justa. "Foi uma vitória de Vasco da Gama, com muita propriedade. O Cuca vem fazendo um trabalho brilhante no São Paulo e hoje conseguimos a vitória", enalteceu Luxemburgo a vitória vascaína.

A partida contra o São Paulo marcou retorno do Vasco ao estádio São Januário depois de um mês. O local passou por reformas para colocar nova iluminação, o que fez com que o time mandasse os jogos contra CSA e Flamengo, no Espírito Santo e Brasília, respectivamente. Em casa, a equipe carioca possui um bom retrospecto. Quatro das cinco vitórias que conquistou no Brasileiro foram em São Januário e com as arquibancadas cheias. Mais de 20 mil torcedores apoiaram o time neste jogo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES