Apesar do empate na estreia, jogadores apostam em evolução do Botafogo

Um dos novatos do Botafogo, o meio-campo Fabinho teve uma atuação elogiada na sua estreia com a camisa do clube, no empate por 1 a 1 com o Boavista, nesta terça-feira no Engenhão, pela abertura da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Apesar do resultado, ele vê o time com plenas condições de melhorar.

"É ainda o primeiro jogo e sabíamos das dificuldades diante do organizado Boavista. O Botafogo manteve uma espinha dorsal do ano passado, com vários jogadores experientes como o Carlinhos, o Joel Carli e o Kanu... e eu estou aqui para compor o grupo", disse Fabinho.

Ele garante que o time ainda tem muito a evoluir. "Era normal esta falta de ritmo no primeiro jogo, mas estamos treinando firme e forte. Com certeza o time vai evoluir e atingir os objetivos traçados para esta competição", concluiu.

Outro estreante foi o atacante Rikelmi, que entrou no segundo tempo no lugar de Juninho e se sentiu à vontade. "Agradeço a confiança de todos. É um dia especial para mim. O resultado não foi aquele esperado, mas todos nós sabemos do potencial da equipe a vamos melhorar", analisou.