Publicidade
Polêmica

Após cancelamento de evento, Grupo Dignidade propõe audiência com direção da PUC

(Foto: reprodução)

O Grupo Dignidade encaminhou ofício à direção da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) propondo uma audiência para discutir questões de diversidade e políticas relativas ao público  LGBTI+, em resposta à decisão da instituição de ensino que negou um pedido de  cessão de um auditório, onde seria realizado o evento de lançamento Coletivo Estudantil Diversidade (CED). Fundado em meados de maio deste ano, o coletivo tem como objetivo promover a conscientização, debates e pesquisas em relação ao público LGBTI+. 

Segundo os estudantes que participam do movimento, a negativa teria partido, primeiramente, da coordenação do Curso de Direito.

"Pela imprensa local, tivemos conhecimento que o referido evento de lançamento teria sido cancelado. E neste sentido, compreendendo que as questões que envolvem o corpo discente podem ser resolvidas no âmbito interno, na melhor forma de um bom diálogo, nos colocamos frente a esta questão para colaborar", afirma o Grupo Dignidade no documento encaminhado à reitoria da PUC.

No texto, a ONG também lembra que o Papa Francisco, defendeu no último dia 21 de junho, um chamado para a “teologia do acolhimento e a desenvolver um diálogo sincero com instituições sociais e civis, com centros universitários e de pesquisa, com os líderes religiosos e com todas as mulheres e homens de boa vontade, para a construção na paz de uma sociedade inclusiva e fraterna e também para a custódia da criação”.

Leia mais no blog Barulho Curitiba.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES