Publicidade
Novo comandante

Após demissão de Louzer, nome de Lisca ganha força no Alto da Glória

(Foto: Geraldo Bubniak)

Ex-técnico do Paraná Clube e com uma passagem marcante na última temporada pelo Ceará, o técnico Lisca é, ao menos neste momento, o favorito para assumir o comando técnico do Coritiba. O cargo treinador está vago desde a noite de sábado (21 de setembro), quando Umberto Louzer foi demitido pela diretoria coxa-branca após a derrota da equipe por 2 a 0 para o CRB, dentro de casa.

Na entrevista que concedeu após a partida, ao confirmar a demissão de Louzer, o diretor de futebol Rodrigo Pastana garantiu que não demoraria para que o novo comandante fosse anunciado.

Questionado diretamente se Mozart, técnico das categorias de base e ex-jogador do clube, poderia assumir a função na equipe principal, o dirigente despistou. "Não falamos em nomes. O mais breve possível anunciaremos (o novo treinador)", respondeu.

A avaliação, contudo, seria de que nesse momento de pressão o mais adequado seria trazer um profissional com mais experiência. E Lisca, então, surge com boa opção. Em 2017, inclusive, teve uma breve, mas bastante positiva passagem pelo Paraná Clube, quando trabalhou com Pastana e conseguiu quatro vitórias e três empates em oito jogos.

O que poderia complicar, contudo, é o fato de o treinador, até pouco tempo, ter indicado que não assumiria nenhuma outra equipe neste ano. Demitio pelo Ceará no final de abril, após perder o título estadual para o Fortaleza, ele foi especulado há cerca de duas semanas na Chapecoense. Era considerado o plano A do clube catarinense, mas o negócio não andou. O clube, então, divulgou uma nota sobre o assunto:

"A Chapecoense informa que a negociação com o treinador Lisca está encerrada. O treinador, através de seus empresários, justificou que tem o desejo de iniciar um trabalho desde o princípio e não tem a intenção de assumir nenhum compromisso neste restante de ano."

A próxima partida do Coxa no campeonato nacional, que seria contra o Cuiabá, foi adiada. Assim, a equipe volta a campo apenas no próximo sábado (28), quando recebe o América-MG.

"Estamos envergonhados"

Ao confirmar a demissão de Umberto Louzer, Rodrigo Pastana lamentou o momento que a equipe enfrenta. "Mais uma vez, pedir desculpa ao nosso torcedor. Nós estamos envergonhados e nessas horas temos de tomar uma decisão. Uma decisão difícil pelo bom profissional, pelo caráter do Umberto, mas nós estamos desligando o treinador e em breve comunicaremos o novo técnico", disse.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES