Publicidade

Após empate na Copa Sul-Americana, Corinthians terá time misto diante do Avaí

O empate por 0 a 0 diante do Fluminense nesta quinta-feira, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, e a necessidade de buscar o resultado no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, na semana que vem vão obrigar o técnico Fábio Carille a poupar jogadores do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Para o jogo deste domingo diante do Avaí, em Florianópolis, o treinador revelou que vai fazer mudanças e escalar um time misto.

"A partir de agora, nós começamos a pensar no jogo do Avaí. Teremos algumas mudanças. Amanhã (sexta-feira) a gente já define os 11 titulares, mas teremos mudanças", afirmou o técnico em entrevista coletiva na Arena Corinthians.

O treinador não adiantou quais nomes vão jogar no estádio da Ressacada, mas nomes como Carlos Augusto, Jadson e Gustavo devem estar entre os titulares na busca por um lugar entre os quatro melhores do Brasileirão. O Fluminense não vai jogar pelo torneio nacional. A partida diante do Palmeiras foi adiada para o dia 10 de setembro. Com isso, o time carioca terá um período maior de descanso. "Eles estarão descansados, mas isso não é desculpa para nós. Temos de jogar contra o Avaí e buscar o resultado", afirmou o meia Mateus Vital.

O time da casa passou boa parte do jogo no campo de ataque. Tentou 13 chutes, 43 cruzamentos e teve nove escanteios. Mas não conseguiu superar o bom sistema defensivo do Fluminense. Carille afirmou que o time carioca mudou seu jeito de jogar. "Sempre quando jogamos em casa, a expectativa é de vitória, mas o Fluminense mudou suas características. Na parte técnica e na organização, nós estivemos um pouco abaixo", reconheceu o treinador. "Não tem nada de mais fácil, não. É jogo grande, decisivo, agora a gente começa a entender qual vai ser a ideia de jogo do Fluminense", afirmou.

Um dos pontos importantes para o Fluminense ter conseguido neutralizar o ataque do Corinthians foi neutralizar os avanços do lateral-direito Fagner pela direita. "Eles fizeram uma linha de cinco fechando todas as possibilidades. Lógico, quando você enfrenta o Corinthians tem que marcar o lado direito. O Fluminense tinha uma proposta, fez o que pretendia, nós sofremos um pouquinho. Não tem jogo fácil valendo vaga na semifinal. Chega ali, muda campeonato... No Brasileiro, o Fluminense tem que se expor mais, vai sofrer para sair de baixo. Eles vieram com outra proposta. Tentamos, mas precisávamos ser mais organizados e melhor tecnicamente, avaliou Carille.

Com o resultado, o Fluminense joga pela vitória simples em casa para avançar às semifinais da Copa Sul-Americana. O Corinthians se classifica com um empate com gols. A disputa vai para os pênaltis se houver outro 0 a 0 na próxima quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio do Maracanã.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES