No Couto Pereira

Após ‘melhor jogo no Brasileirão’, Coritiba testa embalo contra o Santos. Veja Video

Henrique Vermudt: "Faz muito tempo que eu venho me preparando"
Henrique Vermudt: "Faz muito tempo que eu venho me preparando" (Foto: Divulgação / Coritiba)

O Coritiba vai enfrentar o Santos neste sábado (17), às 19 horas, no Couto Pereira. A partida é válida pela 17ª rodada do Brasileirão e fará o time paranaense testar o embalo obtido após o último jogo, em que derrotou o Palmeiras por 3 a 1 em São Paulo.

A vitória na última rodada foi considerada “o melhor desempenho do ano” pelo próprio Coritiba. O triunfo por 3 a 1 tirou o time da zona de rebaixamento e, por tabela, causou a queda de Vanderlei Luxemburgo do comando do Palmeiras. Na ocasião, o time paranaense foi ao 16º lugar, com 16 pontos. Mas, nesta sexta-feira (16), o Coxa acabou caindo para 17º, uma vez que o Bahia empatou com o Goiás (1 a 1) e foi a 16 pontos, com melhor saldo de gols que os paranaenses.

A missão coxa-branca é mostrar se esse desempenho pode ser repetido ou se foi apenas uma exceção. “Não adianta ter euforia, temos que manter o foco. Estamos no caminho, buscando”, disse o técnico Jorginho, que estava pressionado no comando. “É normal a diretoria pressionar. Teve cobrança minha também. Os atletas cobraram um ao outro. É uma resposta para nós mesmos”.

Para este sábado, Jorginho não poderá contar com o zagueiro Sabino. Os direitos econômicos pertencem ao Santos e, por isso, ele não será escalado. O substituto de Sabino deve ser Nathan Silva, que havia cumprido suspensão na vitória sobre o Palmeiras. Assim, o jovem Henrique Vermudt, que estreou no time profissional na última rodada, será mantido. “Faz muito tempo que eu venho me preparando, sempre me esforcei muito nos treinos para esse momento, que graças a Deus chegou”, afirmou o zagueiro.

No ataque, Jorginho tem uma dúvida. O veterano atacante Ricardo Oliveira havia sido poupado diante do Palmeiras e, em tese, voltaria neste sábado. Mas o treinador pode manter Rodrigo Muniz, que foi elogiado na última partida. Além disso, o atacante argentino Ezequiel Cerutti já pode estrear, uma vez que seu nome foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Santos

O Santos vive uma polêmica devido à contratação do veterano atacante Robinho, condenado por estupro em 1ª instância na Itália. O jogador até teria condições de jogo, já que chegou a ser registrado no BID. Contudo, patrocinadores pressionaram: ou o clube rescinde o contrato ou eles ameaçam cortar verbas. Na noite desta sexta, o Santos e o jogador anunciaram o rompimento do vínculo.

No campo, o Santos aparece em 6º lugar no Brasileirão, mas está com problemas. Vem de derrota para o Atlético-GO em casa (1 a 0) e tem desfalques. O lateral Pará cumpre suspensão. O zagueiro Lucas Veríssimo, o meia Alisson e o atacante Marinho, que não jogaram na quarta-feira, também não treinaram nesta sexta (16) e provavelmente ficam de fora.

CORITIBA x SANTOS

Coritiba: Wilson; Natanael, Nathan Silva, Henrique Vermudt e William Matheus; Hugo Moura, Galdezani e Giovanni Augusto; Yan Sasse, Rodrigo Muniz (Ricardo Oliveira) e Robson. Técnico: Jorginho
Santos: João Paulo, Madson, Laércio, Vitor Peres e Felipe Jonathan; Jobson, Diego Pituca e Jean Motta; Soteldo, Kaio Jorge e Arthur Gomes (Lucas Braga). Técnico: Cica
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba, sábado, às 19 horas