Publicidade
Pandemia

Após morte, Paraná muda estratégia de combate à nova gripe

O secretário estadual da Saúde, Gilberto Martin, disse que o Paraná vai mudar a estratégia de combate à Influenza A (H1N1), conhecida como gripe suína. Em vez da vigilância para minimizar o ingresso do vírus no Estado, será priorizado o atendimento aos doentes.

"Estamos trabalhando nesse novo protocolo de assistência e até o final de semana ele será definido", falou o secretário, após a confirmação da primeira morte pela doença no Estado - uma mulher de 43 anos residente no município de São José da Boa Vista (Norte Pioneiro), que morreu no dia 14, cinco dias depois de apresentar os primeiros sintomas.

A mudança pode ser explicada pela impossibilidade de controlar a propagação da doença. Segundo o Ministério da Saúde, o vírus causador da gripe suína circula pelo País desde a semana passada. Até agora, 22 pessoas morreram no Brasil vítimas da doença.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES