Publicidade

Após resultados negativos em exames, Atlético-MG fará treinos com até 9 jogadores

A normalização dos treinamentos no Atlético Mineiro ainda está distante de se tornar uma normalidade, mas o clube vai dando passos para que isso aconteça no futuro. Nesta terça-feira, após a realização de novos exames contra coronavírus no elenco, o departamento médico definiu que o técnico Jorge Sampaoli poderá começar a utilizar até nove atletas nas atividades, ainda que respeitando medidas de distanciamento.

Nesta terça-feira, o Atlético-MG completou uma semana da retomada das atividades na Cidade do Galo. E como todos os resultados dos testes do elenco e da comissão técnica deram negativo, será possível iniciar a segunda fase de trabalhos - na primeira, os treinos estavam restritos a cinco atletas.

"Foi uma semana muito proveitosa, sempre respeitando medidas protetivas propostas. Encerramos a primeira semana com testes. Repetimos a avaliação de exames laboratoriais no grupo de atletas e comissão técnica que fica no campo. Recebemos os resultados, e todos continuaram normais. Isso nos dá segurança grande para que possamos dar o segundo passo. Iniciando agora esta semana com progressão. Grupos de trabalho aumentarão um pouco, com oito, nove jogadores treinando juntos", afirmou o médico Rodrigo Lasmar.

Uma das novidades dos trabalhos tem sido o volante Gustavo Blanco, que não atua desde 2018, tendo sofrido duas graves lesão no joelho desde então, em julho daquele ano e também em fevereiro de 2019.

"Em relação à parte psicológica, acho que amadureci muito nesse tempo. Na dificuldade, você acaba tendo que crescer e aprender muita coisa. Então, estou muito mais fortalecido do que antes e acho que isso vai se refletir no campo porque acredito que, quando você está com a cabeça boa, com a cabeça forte, você acaba rendendo mais e tenho certeza que vou performar bem no campo", ressaltou o meio-campista.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES