Publicidade

Após uma semana internado, Roberto 'Manos de Piedra' Durán 'nocauteia' a covid-19

Roberto "Manos de Piedra" Durán teve alta na noite desta quinta-feira do hospital na Cidade do Panamá, onde ficou hospitalizado por uma semana com sintomas da covid-19. O lendário boxeador panamenho, de 69 anos, saiu em cadeira de rodas e de máscara e agradeceu o trabalho dos profissionais de saúde.

Várias personalidades do boxe gravaram mensagens para Durán, como o ex-campeão mundial Sugar Ray Leonard, contra quem o panamenho lutou três vezes nos anos 80, e o atual campeão mundial Saul Canelo Alvarez.

No dia último dia 16, Durán completou 69 anos de idade. Ele foi campeão mundial em quatro categorias: leves, meio-médios, médios-ligeiros e médios. Lutou de 1968 a 2001 e acumulou um cartel de 103 vitórias (70 nocautes) e 16 derrotas. Fez parte do "Quarteto Fantástico" ao lado de Sugar Ray Leonard, Thomas Hearns e Marvin Hagler.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES