Brasileirão

Flamengo empata com Ceará e aumenta a pressão sobre Paulo Sousa

(Foto: Alexandre Vidal/CRF)

O Flamengo voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time rubro-negro sentiu o gostinho da vitória, mas cedeu o empate diante do Ceará por 2 a 2, nos minutos finais do duelo realizado na Arena Castelão, pela sexta rodada. O resultado deixa o técnico Paulo Sousa ainda mais pressionado no cargo.

Com o resultado, o Flamengo ficou com seis pontos, há quatro jogos sem conquistar uma única vitória, problema para Paulo Sousa, que está com Jorge Jesus em sua sombra. O empate também não tira o time cearense da zona de rebaixamento. Atualmente, tem quatro pontos, mas, ao menos, quebrou a sequência de derrotas consecutivas.

Pressionado com a sequência ruim no Brasileirão, o Flamengo não demorou para ir com tudo para cima do Ceará. A tática de Paulo Sousa deu resultado no dia de Willian Arão. O volante recebeu de Arrascaeta, em cobrança de escanteio, e cabeceou no fundo das redes para inaugurar o marcador.

Mas o Ceará não desanimou e tratou de colocar fogo no jogo. O time cearense teve boas oportunidades de marcar, mas Hugo vinha salvando até que Zé Roberto cobrou falta rapidamente e pegou a defesa do Flamengo desprevenida. A bola chegou em Mendoza, que invadiu a área e deixou tudo igual.

Mas Willian Arão jogou um ‘balde de água fria’ na festa da torcida do Ceará. Após a cobrança de falta, Arão desviou de cabeça para fazer o seu segundo na partida. O jogador foi muito festejado por seus companheiros de equipe. Sendo assim, o Flamengo conseguiu sair para o intervalo em vantagem.

O Flamengo voltou para o segundo tempo com o mesmo ímpeto da etapa inicial. Em nova cobrança de falta de Arrascaeta, Pablo apareceu para carimbar o travessão, ligando um sinal de alerta na defesa do Ceará, que perdeu todas pelo alto contra os atletas rubro-negros.

Como tem acontecido nos últimos jogos, o Flamengo se acomodou e passou a assistir o Ceará jogar. Por muito pouco não levou o gol de empate. Hugo segurou uma cabeçada de Iuri, mas a bola teria entrado se não fosse Matheuzinho, que tirou em cima da linha.

E não teve Matheuzinho, Hugo ou Willian Arão que salvasse o Flamengo. O Ceará decretou a igualdade aos 45 minutos. Nino Paraíba surpreendeu Hugo e fez um belo gol de falta para aumentar ainda mais a pressão em cima do Flamengo.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Goiás no sábado, às 16h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). No mesmo dia, às 18h30, o Ceará visita o Santos, na Arena Barueri, em Barueri (SP).

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 2 FLAMENGO

CEARÁ - João Ricardo; Michel (Nino Paraíba), Marcos Victor, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Geovane (Richardson), Lucas Ribeiro (Victor Luis), Vina (Zé Roberto) e Lima; Mendoza e Erick (Iury Castilho). Técnico: Dorival Júnior.

FLAMENGO - Hugo; Isla (Marcos Paulo), Pablo, David Luiz (Rodrigo Caio) e Ayrton Lucas (Matheuzinho); Willian Arão, Gomes, Everton Ribeiro (Andreas Pereira) e Arrascaeta; Bruno Henrique (Lázaro) e Gabigol. Técnico: Paulo Sousa.

GOLS - Willian Arão, aos sete, aos 37, e Mendoza, aos 25 minutos do primeiro tempo. Nino Paraíba, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (SP)

CARTÕES AMARELOS - Erick, Geovane, Lucas Ribeiro, Mendoza e Richardson (Ceará); Ayrton Lucas, Bruno Henrique, Hugo e Pablo (Flamengo).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).