Argentinos deixam o Alto da Glória; paraguaio na mira

Dois gringos se despediram do Coritiba nesta semana. Tratam-se dos argentinos Darío Bottinelli e Sergio Escudero. Os dois chegaram ao Couto Pereira sob grande expectativa, mas não conseguiram corresponder e agora irão respirar novos ares em 2014.

No caso do meia Bottinelli, contratado no começo do ano pelo Coritiba após uma boa passagem pelo Flamengo, os ares não chegam a ser tão novos. O atleta de 27 anos irá para a Universidad Católica, do Chile, clube que já defendeu em 2008. Já o zagueiro argentino de 30 anos irá atuar pelo Criciúma. A dupla será emprestada.

Outro estrangeiro que em breve pode deixar o Coxa é o lateral-esquerdo Iberbia, contratado durante o Campeonato Brasileiro, mas que jamais conseguiu se firmar no Alto da Glória.

Paraguaio na mira

Mas não é só de despedidas que será feito o fim de ano alviverde. Segundo a imprensa paraguaia, o Coritiba tenta a contratação do jovem volante Luis de la Cruz, de 22 anos. O jogador seria emprestado por seis meses pelo Guarani, do Paraguai. Segundo o empresário do meio campista, Juan Acosta, falta apenas a assinatura do contrato para o negócio ser fechado.

O volante chegaria para compor o elenco que irá disputar o Campeonato Paranaense – o Coxa irá utilizar, inicialmente, um grupo recheado de jovens jogadores. Se conseguir se destacar, o Coritiba poderá comprar os direitos de Luis de la Cruz.

Na história do time do Alto da Glória, um outro volante do Paraguai defendeu a camisa coxa-branca. Estanislao Struway jogou pelo Coritiba entre 1998 e 1999, participando da ótima campanha do time no Brasileiro de 1998 (o time foi 3º colocado na primeira fase, mas acabou eliminado nas quartas de final pela Portuguesa) e do título paranaense de 1999, que encerrou um jejum de 10 anos sem títulos do Coxa.