Publicidade

Arrecadação federal sobe para R$ 139 bi em abril, a melhor desde 2014

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Após ficar praticamente estável em março, a arrecadação federal teve aumento real de 1,28% em abril e somou R$ 139,03 bilhões, o melhor resultado desde 2014, quando totalizou R$ 140,5 bilhões, informou a Receita Federal nesta quinta-feira (23).

No acumulado do ano, a alta é de 1,14%, para R$ 524,4 bilhões, enquanto em 12 meses o avanço é de 2,32%, a R$ 1,484 trilhão.

A melhora é atribuída a alguns fatores, como o crescimento de 11,34% no valor em dólar das importações e ao aumento de 6,33% da massa salarial nominal (sem correção inflacionária). 

Outros itens, porém, decepcionaram. Em abril, a produção industrial registrou recuo de 6,14%. A venda de bens caiu 3,4% e a de serviços teve queda de 2,3%.

Segundo a Receita, houve alta de 7,25% da arrecadação do Imposto de Renda pago por empresas e da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). No acumulado do ano, o recolhimento de ambos cresce 11,7%.

O desempenho econômico aquém do esperado tem frustrado as expectativas de receita do governo e provocou, em março, um contingenciamento de R$ 29,8 bilhões que atingiu diversos órgãos do Executivo.

Na última quarta (22), o governo revisou novamente as projeções econômicas, mas decidiu usar reservas para não ter de anunciar novo bloqueio de recursos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES