Copa América

Arthur e Fernandinho sentem dores e perdem treino da seleção brasileira

Treino desta quinta-feira da seleção brasileira
Treino desta quinta-feira da seleção brasileira (Foto: Pedro Martins / MoWa Press)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Arthur e Fernandinho não participaram do treino desta quinta-feira (20) com a seleção brasileira. Os dois reclamaram de dores decorrentes do jogo contra a Venezuela, na terça-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América. Eles foram encaminhados a um hospital para exames.

Segundo boletim da CBF, Arthur levou um pisão no pé esquerdo ainda no primeiro tempo do jogo, que foi avaliado e não teve lesão detectada. Ele poderá treinar amanhã.

Já Fernandinho reclama de dores no joelho direito após um entorse. A entidade não menciona o resultado do exame e só avisa que ele está fora do treino de amanhã. Como está fora do treino de véspera, é difícil que ele tenha condições de iniciar se Tite optar por uma mudança no meio.

Os dois chegaram até a ir junto com a delegação para o CT do São Paulo nesta quinta-feira, mas saíram pouco depois para a realização de exames. O regulamento da competição não permite mais trocas entre os inscritos.

Na última quarta-feira, os dois já tinham ficado com o grupo dos que jogaram em um trabalho regenerativo e não foram a campo. O Brasil enfrenta o Peru, no próximo sábado, e pode ficar em primeiro do grupo até mesmo com um empate, dependendo da combinação de resultados.

Vale lembrar que Arthur já havia perdido a estreia por conta de uma pancada no joelho direito sofrido no amistoso preparatório contra Honduras, antes da competição. Ele perdeu alguns treinos, mas foi liberado para ficar no banco de reservas. Contra a Venezuela, fez sua primeira aparição.

Além do caso acima, a seleção brasileira acumula problemas médicos na preparação para a competição. Fagner chegou com lesão muscular, Thiago Silva foi poupado por ter recém-operado o joelho e Neymar foi cortado por lesão no tornozelo.

Marquinhos chegou a ser poupado de treinamentos por conta de desgaste muscular, assim como Roberto Firmino, que precisou ser poupado do amistoso contra Honduras por ter se machucado atuando pelo Liverpool.

Eder Militão sentiu dores no quadril durante um treino, mas não precisou ser poupado. Já Ederson também se machucou durante os treinamentos e teve uma lesão muscular detectada. Ele chegou a ficar fora do banco, mas já está treinando com os colegas normalmente.