Mercado da bola

Artilheiro da 'Nova Era Petraglia' sinaliza despedida do Atlético

"Ederson comemora gol no Atletiba da final do Paranaense 2018, na Arena: 10 gols em 20 jogos na atual temporada"
"Ederson comemora gol no Atletiba da final do Paranaense 2018, na Arena: 10 gols em 20 jogos na atual temporada" (Foto: Geraldo Bubniak)

O centroavante Ederson, 28 anos, avisou que está perto de deixar o Atlético Paranaense. O jogador tem contrato encerrando daqui a duas semanas e deu entender que não haverá renovação. Ele é o maior artilheiro do clube no período 2012 a 2018. O ano de 2012 marcou a volta de Mario Celso Petraglia ao comando do clube, após a gestão de Marcos Malucelli (2009-11). Naquele ano, o clube estava na Série B e conseguiu o acesso à primeira divisão nacional.

Nessa 'Nova Era Petraglia', Ederson marcou 42 gols em 107 jogos pelo clube. Também possui a melhor média de gols nesse período, com 0,39 por jogo. 

O único jogador da história recente do Atlético com mais gols que Ederson é o meia Paulo Baier, 43 anos. Contando apenas o período da 'Nova Era Petraglia', o veterano fez 26 gols em 76 jogos (média de 0,34). Somando toda sua passagem pelo clube, de 2009 a 2013, ele chegou a 65 gols em 192 partidas pelo Furacão (média de 0,34).

Os maiores artilheiros do Atlético em toda história são o meia Sicupira (157 gols entre 1968 a 1976), o meia Jackson (140 gols entre 1944 e 1954) e o centroavante Kleber Pereira (124 gols entre 1999 e 2002).

OS ARTILHEIROS DA NOVA ERA PETRAGLIA

Gols pelo Atlético desde 2012, quando o dirigente retornou ao clube

Jogador

Gols

Jogos

Média

Ederson

42

107

0,39

Marcelo Cirino

32

119

0,27

Douglas Coutinho

29

136

0,21

Paulo Baier*

26

76

0,34

Marcos Guilherme

21

143

0,15

Pablo

20

125

0,16

Nikão

18

142

0,13

Walter

16

73

0,22

Hernani

16

104

0,15

*Números de 2012 a 2013. Contando o total da sua passagem pelo Atlético, de 2009 a 2013, ele tem 65 gols em 192 jogos (média 0,34)

 

CONTRATO
Ederson pertence ao Kashiwa Reysol, do Japão, e está emprestado ao Atlético até 30 de junho. O contrato com o clube japonês também vai se encerrar nesta mesma data. Com isso, daqui a duas semanas ele estará livre no mercado. “Meu contrato lá no Japão acaba agora também no dia 30, junto com o Atlético. Estou esperando alguma coisa aparecer. Meus empresários estão mexendo aí. Vamos ver o que Deus reserva para mim”, declarou o jogador, na quarta-feira (dia 13) à noite, após a derrota para o Botafogo, ao canal Premiere FC. “Acredito que este tenha sido meu último jogo. Individualmente, fui muito feliz aqui. Até no estadual, deixei minha marca aqui. Mas saio triste pelo momento”, disse.

BASE
Ederson foi revelado nas categorias de base do Atlético. Foi promovido ao profissional em 2007 e não teve espaço no clube. Acabou emprestado quatro vezes para o Ceará e três vezes para o ABC entre 2007 e 2013. Só em 2013, por indicação do técnico Ricardo Durbscky, ex-coordenador das categorias de base do clube, é o que o jogador acabou aproveitado no Furacão.