Gente de Bem

Artista retribui Casa da Cultura com revitalização da fachada

Artista plástico campolarguense presta homenagem à cultura da sua cidade natal: “Com muito amor”
Artista plástico campolarguense presta homenagem à cultura da sua cidade natal: “Com muito amor” (Foto: Franklin de Freitas)

Fundada em 1992 e localizada no Centro de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, a Casa da Cultura Dr. José Antônio Puppi ganha uma nova cara. Ou melhor, uma cara revitalizada. É que o espaço, que desde o ano está sendo reformado, começou a ter sua fachada no hall de entrada revitalizado no final de maio pelo artista plástico Tanielton Lopes Pereira, o Toto Lopes.

Há seis anos, já havia sido o próprio Toto o responsável pela pintura que embeleza a fachada da Casa da Cultura, localizada na Avenida Centenário, 2011. Agora, ele está se dedicando para promover a restauração da obra, fazendo uma espécie de releitura de seu próprio trabalho, que ainda traz os mesmos elementos vistos anteriormente, com figuras simbolizando a cultura e a história do município, mas empregará técnicas diferentes e traços mais modernos.

A obra é voluntária, praticamente sem custo ao município (que está custeando apenas as tintas). Trata-se de uma espécie de retribuição do artista, que deu seus primeiros passos no mundo da arte naquele espaço, quando tinha apenas 12 anos.

“Frequento a casa desde os meus 12 anos de idade e lá foi onde tive meus primeiros contatos artísticos, fiz bons amigos e tive o privilégio de dar oficinas de Artes Plásticas por cinco anos. Essa nova obra é um trabalho voluntário e feito com muito amor e dedicação na minha cidade natal”, comenta Toto Lopes. “É uma forma de mostrar um pouco de esperança e retribuir de alguma forma a cidade pelo que sou hoje. Como a Arte mudou a minha vida, creio que pode mudar de muito mais gente”, ressalta.

Por fim, o artista plástico também, destaca estar feliz por poder colorir um pouco a vida dos campolarguenses em tempos de pandemia.“Não é muito, mas é de coração. É só o começo de muito trabalho pela frente”, exalta ele, que tem 41 anos e é conhecido também por sua relevante atuação social, seja com projetos sociais para levar arte às crianças e adolescentes que vivem em regiões carentes da RMC ou mesmo atuando como voluntário em hospital.

Inclusive, quem quiser (e puder) doar tintas para uma próxima ação do artista, basta entrar em contato com ele via redes sociais. “Sempre estamos colorindo algum lugar especial, como uma entidade social, uma escola ate mesmo o Hospital Infantil. Levar alegria para a criançada traz esperança para um mundo melhor”, finaliza Toto.



“Frequento a casa desde os meus 12 anos de idade e lá foi onde tive meus primeiros contatos artísticos, fiz bons amigos e tive o privilégio de dar oficinas de Artes Plásticas por cinco anos. Essa nova obra é um trabalho voluntário e feito com muito amor e dedicação na minha cidade natal”.
Toto Lopes



“É uma forma de mostrar um pouco de esperança e retribuir de alguma forma a cidade pelo que sou hoje. Como a Arte mudou a minha vida, creio que pode mudar de muito mais gente”.
Toto Lopes



“Sempre estamos colorindo algum lugar especial, como uma entidade social, uma escola ate mesmo o Hospital Infantil. Levar alegria para a criançada traz esperança para um mundo melhor”.
Toto Lopes