comportamento

As mães e suas lições de estilo

O reconhecimento da beleza e a autoestima são lições que vêm de berço
O reconhecimento da beleza e a autoestima são lições que vêm de berço (Foto: Fotos: Reprodução/Pinterest)

O lugar de onde onde a gente vem não determina para onde a gente vai, nem como vai ser o caminho. Mas a origem serve de referência para a vida, mesmo que seja para contradizer o dna e fazer tudo do seu jeito.

Com o estilo é assim. Eu, por exemplo, sempre fui muito diferente da minha mãe, mas com o passar do tempo me reconheço no seu jeito, nas suas cores, nos seus gostos. É bem engraçado. Quando eu olho com mais atenção para as minhas referências, vejo uma história de amor e de cuidado, que me fez desde cedo me perceber como pessoa que pode - e deve - abraçar o mundo, voar mais alto, se amar e ser independente. Ela também me ensinou sobre tecidos, sobre ter poucas e boas peças, o poder de um acessório e que roupa nenhuma determina seu potencial, seu poder ou seu caráter. No máximo, ajudam a refletir o seu brilho. E disso ela entende, pois, mesmo discreta, é a estrela que me guia.

Mães biológicas, de coração, por empréstimo, pais que são mães, avós que são mães, tias que são mães, amigos que são mães, todos são parte importante de nós e eu, se fosse vocês, tratava de mergulhar nesse caldo de referências que nos faz melhores, mais coloridos e mais estilosos.

Referências de estilo são fundamentais para sua construção de imagem

Irreverência e leveza são fundamentais para levar a vida

Confidências e truques de estilo podem ser compartilhados sempre

A maternidade pode ser um exercício de estilo