Publicidade
Manobra

Assembleia muda horário de sessão para discutir fim de aposentadoria de governadores

(Foto: Alep)

Em uma manobra inusitada, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), colocou em votação nos últimos minutos da sessão desta terça-feira (14) uma proposta para alterar o horário da sessão plenária desta quarta-feira (15) para o período da manhã. É que boa parte dos deputados estaduais deve viajar para Maringá, no Noroeste do Paraná, para participar da abertura da transferência simbólica do governo Ratinho Junior (PSD) para a cidade, que promove nesta semana a Expoingá (47a Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá).

Com a ausência de parte dos deputados na sessão à tarde, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acaba com a aposentadoria dos ex-governadores ficaria comprometida. Para ser votada uma PEC precisa de quórum mínimo de dois terços dos parlamentares. Após a manobra de Traiano, por 27 votos a 4, a sessão então foi transferida para o período da manhã e deve começar às 9h30. Havia 46 deputados presentes no momento da votação.

Com parecer do relator aprovado em Comissão Especial, a proposta que acaba com as aposentadorias dos ex-governadores deve ir a plenário hoje. Traiano anunciou que a PEC 01/2019 estará na pauta de votação na sessão desta quarta-feira (15), mesmo após protestos do deputado Homero Marchesi (PROS), autor de uma emenda que estende aos governadores que já recebem a aposentadoria o fim do benefício.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES