Números

Atacante ex-Coritiba e Paraná é o melhor cobrador de faltas do Brasileirão desde 2016

Arthur Caíke: artilheiro do Paraná Clube na temporada 2012
Arthur Caíke: artilheiro do Paraná Clube na temporada 2012 (Foto: Franklin de Freitas)

O atacante Arthur Caíke, 27 anos, é o melhor cobrador de faltas da primeira divisão do Campeonato Brasileiro desde 2016. Ele marcou cinco gols em 29 cobranças nesse período. O jogador, que já atuou por Londrina, Paraná Clube e Coritiba, fez os gols de falta jogando por Chapecoense (2018) e Bahia (2019).

Outro jogador com cinco gols de falta nesse período é o venezuelano Rómulo Otero, do Atlético Mineiro. No entanto, ele precisou de 77 cobranças para atingir a marca — um gol a cada 15 tentativas. Já Arthur Caíke tem um gol a cada seis tentativas.

Os números são da base de dados do site Sofascore, que começou a divulgar estatísticas completas do Campeonato Brasileiro a partir de 2016. Por isso, o levantamento considera dados a partir de 2016.

JOGADORES COM MAIS GOLS DE FALTA NO BRASILEIRÃO

Desde 2016, segundo dados do Sofascore

Jogador

Gols de falta

Cobranças de falta

Clubes

Arthur Caíke

5

29

Chape, Bahia

Otero

5

77

Atlético-MG

Nenê

3

27

Vasco, São Paulo, Flu

Rafael Vaz

3

35

Goiás, Flamengo

Edilson

3

46

Grêmio, Cruzeiro

Diego Souza

3

48

Sport, São Paulo, Botafogo

Carleto

3

50

Coritiba, Athletico, Atlético

 

Arthur Caíke hoje está no Bahia. Ele pertence ao Al-Shabab, da Arábia Saudita, e está emprestado ao clube nordestino até junho. O jogador foi revelado na base do Iraty, no período que o clube era comandado pelo empresário Sergio Malucelli. Em 2012, foi destaque do Londrina.

O atacante foi contratado pelo Paraná Clube ainda em 2012 e foi campeão da segunda divisão do Paranaense com o time da capital, sob o comando do técnico Ricardinho. Terminou aquela temporada como artilheiro da equipe, com 12 gols em 39 jogos. Na Série B daquele ano, anotou nove gols em 33 partidas. Nenhum em cobrança de falta. A especialidade dele era o jogo aéreo, apesar de ter apenas 1,74 m de altura — foram quatro gols de cabeça.

No Paraná, Arthur não teve oportunidades para cobrar faltas, já que o clube contava com os meias Lúcio Flávio e Welington e o lateral-esquerdo Fernandinho, todos especialistas na bola parada.

Arthur Caíke também jogou no Coritiba em 2013. Foram quatro gols em 26 partidas. Naquele ano, o Coxa contava com o craque Alex para as cobranças de falta.