Mercado da bola

Ex-Athletico, Roger se aposenta e vira dirigente da Inter de Limeira

Roger é apresentado pelo Operário, de Ponta Grossa
Roger é apresentado pelo Operário, de Ponta Grossa (Foto: Divulgação/OFEC/José Tramontin)

Após defender a Inter de Limeira no Paulistão, o centroavante Roger anunciou nesta segunda-feira a sua aposentadoria dos gramados aos 36 anos. Mas isso não quer dizer que vai se distanciar do mundo da bola. O agora ex-jogador será o novo gerente de futebol da própria Internacional.

"Hoje é um dia muito especial para mim. Depois de quase 20 anos de carreira jogando profissionalmente, começo essa coletiva me despedindo. Esse final de semana foi o meu último como atleta profissional. Quero agradecer a cada clube que passei, desde a Ponte Preta, que foi onde comecei, até a Inter de Limeira, que foi meu último clube. Todos foram muito importantes, sem exceção", disse Roger.

Ele foi revelado nas categorias de base da Ponte e teve a sua primeira experiência em 2003. Depois passou por São Paulo, Palmeiras, Sport, Fluminense, Vitória, Guarani, Ceará, Athletico Paranaense, Chapecoense, Bahia, Red Bull Brasil, Botafogo-RJ, Internacional, Corinthians e Operário Ferroviário, além de ter atuado no Japão e na Coreia do Sul.

Ele jogou pelo Athletico em 2013, quando participou da campanha do vice da Copa do Brasil e do terceiro lugar no Brasileirão. Ele era reserva de Ederson. Atuou em 14 jogos (2 como titular) e marcou 3 gols pelo Furacão naquele ano.

Apesar de ter defendido mais de 15 clubes ao longo da sua carreira, Roger sempre teve uma identificação maior com a Ponte, apesar do relacionamento de "amor e ódio" com a torcida. Em cinco passagens, foram 201 partidas e 67 gols, sendo o maior goleador do século e o 15º da história do clube de Campinas.

O último clube de Roger foi a Internacional de Limeira, por quem disputou o Campeonato Paulista. Na campanha que levou o time até as quartas de final - foi eliminado pelo Corinthians -, o ex-atacante disputou 12 partidas e marcou dois gols.

Agora, Roger vai ter sua primeira experiência como dirigente. Novo gerente de futebol da Internacional, o ex-jogador já iniciou os trabalhos visando a montagem do elenco para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. A Inter está no Grupo A7 ao lado de Bangu-RJ, Boavista-RJ, Cianorte-PR, Madureira-RJ, Portuguesa, Santo André e São Bento.