Tática

Athletico deve manter esquema 3-4-3 para duelo com lanterna do Brasileirão

Alberto Valentim
Alberto Valentim (Foto: Reprodução de vídeo)

O Athletico enfrenta a Chapecoense nesta quarta-feira (13), às 19 hortas, em Chapecó, pela 26ª rodada do Brasileirão. E o técnico Alberto Valentim deverá manter o esquema 3-4-3, apesar da derrota na última partida – 2 a 0 para o Bahia, na Arena da Baixada.

Apesar de estar com Alberto Valentim no comando há apenas duas rodadas, o Athletico entrou em campo várias vezes na temporada com um esquema 3-4-3 – três zagueiros, dois volantes, dois laterais-alas e três atacantes, sendo um centroavante e dois extremos. Em outras partidas, adotou o esquema 4-2-3-1 (dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, dois extremos, um meia-atacante e um centroavante). O técnico anterior, António Oliveira, alternava os dois esquemas, de acordo com o adversário.

Mas o 3-4-3 vem sido usado nos últimos jogos. A diferença recente é o posicionamento defensivo. Nos primeiros jogos nesse esquema, o Athletico se defendia num 5-4-1; os laterais se somam à linha de zaga e os extremos recuavam para combater na linha de volantes. Nos jogos mais recentes, o time se defende num 5-2-3. Os laterais recuam do mesmo jeito, mas os extremos dão combate mais à frente, junto ao centroavante, e não no meio, junto aos volantes.

“A princípio não vamos mudar. O time está bem nesse desenho tático, são jogadores com características para jogar nesse 3-4-3”, disse Alberto, após a derrota para o Bahia.

No Brasileirão, o Athletico está em 8º lugar, com 33 pontos, A Chapecoense é a lanterna, com 12 pontos.