Assine e navegue sem anúncios [+]
Brasileirão

Athletico enfrenta o Goiás em jogo garantido por laboratório goiano

Marquinhos Gabriel: retorno
Marquinhos Gabriel: retorno (Foto: Arquivo Bem Paraná/Geraldo Bubniak)

O Athletico faz, nesta quarta-feira (12), seu primeiro jogo em casa pelo Campeonato Brasileiro de 2020. O adversário é o Goiás. O jogo, que começa às 19h15, só vai ocorrer graças a um laboratório de Goiânia que realizou testes de covid-19 no elenco do time goiano. Antes, estava ameaçado de não acontecer.

No domingo (9), pouco antes do jogo com o São Paulo, o Goiás foi surpreendido pela informação de que dez jogadores estavam infectados com o coronavírus – oito deles seriam titulares na partida. A contraprova indicou que nove deles estavam mesmo contaminados. O jogo foi adiado por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Na segunda-feira (10), o presidente do Goiás, Marcelo Almeida, ameaçou não embarcar a delegação para Curitiba se não tivesse em mãos os resultados de testes de coronavírus para o elenco. Contudo, os testes saíram nesta terça-feira (11), indicando que 12 jogadores entre os 28 do elenco estavam infectados. Assim, o técnico Ney Franco conseguiu escalar uma equipe para enfrentar o Athletico nesta quarta.

A testagem, contudo, saiu apenas porque o clube decidiu fazê-la em Goiânia. Isso foi possível graças a uma normativa da CBF segundo a qual laboratórios locais poderão fazer a coleta e a análise do material para verificar a incidência de coronavírus. Segundo os dirigentes, a logística de coletar o material em Goiânia e levar para São Paulo – onde fica o hospital Albert Einstein, indicado pela CBF para realizar os exames – inviabilizaria a viagem. O clube ficaria sabendo dos resultados apenas no dia da partida.

O time

Alheio aos problemas do Goiás, o Athletico terá o retorno de quatro titulares que não estiveram presentes na estreia da equipe – a vitória de 2 a 0 sobre o Fortaleza na Arena Castelão. São eles o goleiro Santos, o zagueiro Thiago Heleno, o volante Wellington e o meia Marquinhos Gabriel. Na lateral-direita, o técnico Dorival Júnior tem dúvidas entre Jonathan e Khellven.

Transmissão

Devido à pandemia da Covid-19, não haverá público na Arena da Baixada. O jogo entre Athletico e Goiás não terá transmissão por TV aberta ou fechada. O clube paranaense é o único do Brasileirão que não assinou com o pay-per-view. O Furacão pretendia trabsmitir a partida em seus serviços de streaming — apoiado na MP 984, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, para transmitir os jogos dos quais é o mandante. Contudo, uma liminar do Trubunal de Justiça do Paraná na tarde desta terça-feira (11) proibiu a transmissão, sob pena de pagamento de multa de R$ 2 milhões. O argumento do desembargador Abraham Lincoln Calixto, que assinou a decisão, é que havia um contrato em vigor com outros clubes, que não poderia ser quebrado. 

ATHLETICO x GOIÁS
Athletico: Santos; Jonathan (Khellven), Thiago Heleno, Felipe Aguilar e Abner; Wellington, Marquinhos Gabriel e Léo Cittadini; Nikão, Geuvânio e Vinícius Mingotti. Técnico: Dorival Júnior
Goiás: Marcelo Rangel; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Heron; Breno, Thalles e Daniel Bessa; Vinícius Lopes, Douglas Baggio e Victor Andrade. Técnico: Ney Franco
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba, quarta-feira, às 19h15

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK