Publicidade
Mercado da bola

Athletico fica sem resposta de Rogério Ceni em ‘Dia D’

Rogério Ceni, em curso na CBF
Rogério Ceni, em curso na CBF (Foto: Thays Figueiredo / CBF)

O Athletico tinha até esta sexta-feira (13) para ter uma resposta do técnico Rogério Ceni para dirigir o time em 2020. Contudo, o treinador não deu uma resposta – nem ao Furacão nem ao Fortaleza, que havia comandado no último Brasileirão. Dentro do clube paranaense, porém, a confiança é grande em um acerto.

Ceni passou a semana na CBF, fazendo cursos de treinador dados pela entidade. O contrato dele com o Fortaleza vence ao fim do ano. O treinador havia prometido primeiro uma resposta ao Fortaleza – que pretendia renovar – e depois ao Athletico. O prazo dado por ele mesmo seria a sexta-feira. Mas, até a tarde desta sexta, Ceni não havia falado com nenhum dos clubes. A diretoria do Fortaleza já admitia receber uma resposta apenas neste sábado (14).

No Athletico, há confiança em um acerto. Segundo informações preliminares, Rogério Ceni teria aceitado o salário ofertado pelo clube. A pendência seria uma eventual multa rescisória –Ceni deixou o Fortaleza no meio do Brasileirão para dirigir o Cruzeiro, mas acabou demitido e voltou ao clube cearense em seguida.

A nova variável na equação é o Santos, que vai ficar sem o técnico argentino Jorge Sampaoli. O clube paulista pretende contratar outro estrangeiro para o cargo, mas admite abrir uma exceção se o contratado foi Rogério Ceni.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES