Desfalques

Athletico tem novos e velhos problemas para escalar o time na Copa do Brasil

Erick e Fabinho disputam lance em treinamento
Erick e Fabinho disputam lance em treinamento (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Mauricio Mano)

O Athletico Paranaense tem novos e velhos problemas para escalar o time para a partida contra o Flamengo, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (dia 28) às 21h30, na Arena da Baixada. O meia Jorginho e o centroavante Renato Kayzer já atuaram por outro clube nessa edição da competição (pelo Atlético-GO) e, por isso, não podem mais jogar no torneio.

O zagueiro Pedro Henrique, 25 anos, deixou o último jogo com suspeita de lesão e segue como dúvida.

Esses são os novos problemas para a comissão técnica escalar. Os velhos problemas são o lateral-direito Jonathan e o ponta Vitinho, em recuperação. O lateral-direito Khellven está com a seleção brasileira sub-20 e só volta em novembro.

Em relação ao último jogo, o único retorno é o médio Léo Cittadini, que cumpriu suspensão por cartões amarelos no Brasileirão, na derrota para o Grêmio.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO
Santos; Erick (Léo Gomes), Thiago Heleno, Pedro Henrique (Lucas Halter) e Abner; Wellington e Christian; Nikão, Lucho González (Léo Cittadini) e Carlos Eduardo; Fabinho (Walter ou Bissoli).

A vaga de Kayzer pode ficar com Walter, Fabinho ou Bissoli. Lucas Halter e Felipe Aguilar são as opções para o lugar de Pedro Henrique.

Na lateral-direita, Erick pode ser mantido. O volante Léo Gomes é outra opção para essa posição.