Publicidade
4 a 1

Athletico passeia contra o freguês Vasco na Arena e fica líder por dois minutos

Campeão paranaense e já classificado para o mata-mata da Copa Libertadores, o Athletico iniciou neste domingo (28 de abril) com o pé direito a sua caminhada no Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena da Baixada contra ao Vasco da Gama, a equipe comandada por Tiago Nunes se impôs e ganhou com facilidade: 4 a 1, com gols de Bruno Guimarães e Marco Ruben (no primeiro tempo), Werley (contra) e Nikão para os donos da casa. Já no fim do jogo, Bruno César descontou para os cariocas.

Com três pontos e o mesmo número no saldo de gols, o Furacão chegou a estar liderando o Campeonato Brasileiro. Pouco depois do apito final na Arena da Baixada, contudo, o Ceará fez 4 a 0 contra o CSA e superou o adversário na tabela. De toda a forma, a equipe parananse volta a campo na próxima quarta-feira pelo Brasileirão, às 21h30, para medir forças com o Fortaleza, no Castelão. Já o Vasco, vice-lanterna, joga no mesmo dia e horário contra o Atlético-MG, em São Januário.

Em partidas na Arena da Baixada, o Athletico fez do Vasco um freguês. O time paranaense soma 9 vitórias e 3 empates — jamais perdeu —, além de 31 gols marcados e 13 sofridos.

Para além da bela exibição do time, entretanto, há de se destacar a postura da torcida atleticana. Antes do início da partida, uma homenagem a Dirceu Krüger, maior ídolo da história do Coritiba, arquirrival do Athletico, que faleceu na última quinta-feira, aos 74 anos. Os torcedores, em pé, aplaudiram o ídolo do clube rival.

O jogo

Para a estreia no Brasileirão, o técnico Tiago Nunes escalou sua equipe com força máxima, inclusive com o retorno do zagueiro Thiago Heleno, poupado na derrota por 3 a 2 contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia. Já no Vasco, o técnico interino Marcos Valadares, que substitui Alberto Valentim, demitido recentemente, teve de lidar com uma série de desfalques, como o goleiro Fernando Miguel, o zagueiro Leandro Castán e o atacante Rossi, machucados.

A expectativa, portanto, era de um jogo de ataque contra defesa, com o Vasco marcando forte e esperando alguma chance de contra-ataque. Mas logo no primeiro ataque da partida, o primeiro gol do Athletico, marcado por Bruno Guimarães.

A estratégia dos cariocas não durou nem dois minutos e a partida virou um passeio, com amplo domínio dos donos da casa. Melhor para o Furacão, que aos 43 minutos encontrou seu segundo gol, com Marco Ruben – curiosamente, o tento saiu na sequência de um lance em que os cariocas perderem a melhor chance para empatar a partida.

Sem dó nem piedade, o Athletico manteve a postura ofensiva e seguiu pressionando no campo de ataque. Aos 3 minutos, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira chegou a assinalar um pênalti em cima de Renan Lodi, mas voltou atrás após consultar o VAR. Sem problema: aos 20 minutos, após uma série de boas chances, o próprio Vasco tratou de entregar o tento, com o ex-Coxa Werley marcando gol contra: 3 a 0.

Cabia mais. E aos 40 minutos, o meia-atacante Nikão, que vivia uma tarde inspirada jogando pela esquerda, dilatou ainda mais a vantagem atleticana. Três minutos depois, Bruno César fez o gol de honra (ou de menos vergonha?) do Cruz-Maltino.

ATHLETICO 4 x 1 VASCO

Athletico: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Leo Pereira e Renan Lodi; Camacho (Wellington) e Bruno Guimarães (Márcio Azevedo), Rony, Tomás Andrade e Nikão; Marco Ruben (Marcelo Cirino). Técnico: Tiago Nunes

Vasco: Alexander; Werley, Miranda (Bruno César) e Ricardo Graça; Raúl Cáceres, Raul, Lucas Mineiro, Yago Pikachu (Yan Sasse) e Danilo Barcelos; Marrony e Maxi López (Ribamar). Técnico: Marcos Valadares (interino)

Gols: Bruno Guimarães (2-1º), Marco Ruben (43-1º), Werley (20-2º), Nikão (40-2º) e Bruno César (43-2º)

Cartões amarelos: Raul (V)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Público: 19.930 pagantes

Renda: R$ 237.105,00

Local: Arena da Baixada, domingo, às 16 horas

 

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

2 - Gol do Athletico! Tomás Andrade encontra Marco Ruben bem colocado na área. O gringo chuta, Alexander espalma, a bola fica viva na área e Bruno Guimarães aparece para conferir.

18 - Tomás Andrade rouba a bola na entrada da área pelo lado direito e bate cruzado. A bola desvia em Marco Ruben e Nikão se estica todo, mas não alcança a bola.

23 - Santos tenta sair jogando com os pés, erra e quase entrega para Lucas Mineiro. Na sequência, o meio-campista comete ao tentar roubar a bola do zagueiro.

28 – Miranda toca para Marrony, na entrada da área, chutar de perna esquerda, por cima do gol.

32 – Maxi Lopez lança Marrony na área. Santos se antecipa, sai nos pés do atacante e consegue travar a boa jogada do Vasco.

39 – Rony dispara pela direita e toca para a passagem de Jonathan. Livre e perto da pequena área, o lateral chuta rasteiro e Alexander faz grande defesa.

41 - Lançamento de Bruno Guimarães para Nikão. O meia-atacante tenta um voleio e chuta para fora.

42 – Cruzamento de Danilo Barcelos, Ricardo Graça cabeceia e Santos salva. A bola fica viva em cima da linha e Maxi Lopez chega para empatar, mas a zaga consegue evitar o chute.

43 - Gol do Athletico! Contra-ataque do Furacão. Bola cruzada na área, Renan Lodi cabeceia na trave e, no rebote, Marco Ruben aparece no meio de Càceres e Werley para marcar.

Segundo tempo

3 - Renan Lodi é lançado nas costas de Yago Pikachu e, de frente para o gol, vai ao chão. O juiz marca pênalti, mas depois recorre ao VAR e acaba mudando a marcação.

6 – Renan Lodi corta um marcador na intermediária e chuta de longe, rasteiro. Alexander cai e faz a defesa.

11 – Cobrança de falta de Bruno Guimarães pela lateral-esquerda. Marco Ruben aparece bem colocado no meio da zaga e cabeceia firme. Alexander espalma.

12 - Bola enfiada para Nikão na esquerda. O meia-atacante cruza de trivela e Marco Ruben cabeceia por cima do gol.

20 – Gol do Athletico! Cobrança de falta de Bruno Guimarães da intermediária direto para a área. Rony desvia dentro da pequena área e a bola bate em Werley para morrer no fundo da rede. Gol contra!

31 - Bola roubada por Nikão na intermediária. Tomás Andrade puxa o contra-ataque, avança e chuta. Alexander espalma.

40 - Gol do Athletico! Rony avança pela direita e cruza na medida para Nikão, bem colocado na segunda trave, só empurrar para o fundo do gol.

43 - Gol do Vasco! Bruno César acerta belo chute de fora da área e manda no canto, sem chance para Santos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES