Campeonato Paranaense

Athletico perde para o Azuriz com gol polêmico em Pato Branco

(Foto: Gustavo Oliveira / site oficial do Athletico)

No primeiro jogo de uma maratona nesta semana, o Athletico foi derrotado pelo Azuriz por 1 a 0, em Pato Branco, na tarde desta segunda-feira (3). A partida era válida pela 8ª rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense.

POLÊMICA

O gol que abriu o placar em Pato Branco surgiu de um lance polêmico. Aos 14 minutos, Hélio finalizou e Anderson defendem em cima da risca. O auxiliar sinalizou o gol, mas o árbitro ficou na dúvida e consultou o quarto árbitro antes de apostar para o centro do campo. As imagens não são conclusivas. Mesmo assim, o gol foi confirmado.

TABELA

Antes da partida, a diferença entre as equipes era de 1 ponto. Com o resultado, o Athletico ficou com 9 pontos e caiu para a 7ª posição. Os oito melhores se classificam para os mata-matas. O Azuriz foi a 13 pontos, em 3º lugar.

No Estadual, o Athletico tem usando o time de aspirantes. Os principais jogadores estão na disputa da Copa Sul-Americana.

Veja quem jogou bem e quem jogou mal na derrota do Athletico para o Azuriz

PRÓXIMO JOGO

Pelo Estadual, o Athletico volta a campo nesta quinta-feira (6), quando enfrenta o Coritiba, na Arena da Baixada. Contudo, ao mesmo tempo o Furacão também tem compromissos pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (4), o time enfrenta o Melgar, no Peru.

ESCALAÇÃO

O Athletico manteve o esquema 4-2-3-1 de outros jogos, mas com uma mudança: O volante Alvarado jogou de zagueiro e Geovane entrou no meio-de-campo. A linha de três meias ofensivos tinha Reinaldo na direita, Jajá no meio e Jáderson na esquerda.

PRIMEIRO TEMPO

O Athletico começou com marcação alta no campo adversário e tentando tocar a bola, enquanto o Azuriz se fechava e tentava contra-ataques em velocidade. No terceiro contragolpe pelo lado esquerdo, o time de Pato Branco abriu o placar com Hélio, aos 14 minutos, num lance polêmico. Houve dúvida se a bola entrou mesmo.

Além do gol, o Azuriz criou outros incômodos para o Athletico em jogadas pelas pontas e cruzamentos para a área. O Furacão só conseguiu chutar uma bola a gol aos 29 minutos. Quando ia ao campo de ataque, o time mostrava lentidão nos passes e pouca movimentação e criação. A troca de posição de Jáderson com Reinaldo nas pontas não deu resultado. O Athletico terminou a etapa com 3 finalizações (2 certas), contra 9 (3 certas) do Azuriz.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Athletico voltou com o zagueiro João Vialle no lugar do atacante Reinaldo e o meia Ramon em vez do volante Geovane. Alvarado passou voltou a ser volante. O time ganhou intensidade e ocupou o campo adversário, mas criou poucas chances de gol. Aos 15, o atacante Julimar entrou no lugar do lateral Kleiton. Apesar do volume de jogo, o time não conseguia quebrar a marcação do Azuriz e só finalizou em cobranças de falta e após escanteios. Aos 33, entrou o atacante Dudu em vez de Jajá. Aos 42, Elias Carioca substituiu Kawan.

Na etapa, a melhor chance foi do Azuriz, aos 39 minutos. O goleiro Anderson soltou uma bola e João Pedro chutou prensado com a zaga. A bola bateu na trave e saiu.

No primeiro jogo de uma maratona nesta semana, o Athletico foi derrotado pelo Azuriz por 1 a 0, em Pato Branco, na tarde desta segunda-feira (3). A partida era válida pela 8ª rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense.

POLÊMICA

O gol que abriu o placar em Pato Branco surgiu de um lance polêmico. Aos 14 minutos, Hélio finalizou e Anderson defendem em cima da risca. O auxiliar sinalizou o gol, mas o árbitro ficou na dúvida e consultou o quarto árbitro antes de apostar para o centro do campo. As imagens não são conclusivas. Mesmo assim, o gol foi confirmado.

TABELA

Antes da partida, a diferença entre as equipes era de 1 ponto. Com o resultado, o Athletico ficou com 9 pontos e caiu para a 7ª posição. Os oito melhores se classificam para os mata-matas. A derrota do Furacão interrompeu uma série de três vitórias seguidas na competição. O Azuriz foi a 13 pontos, em 3º lugar.

No Estadual, o Athletico tem usando o time de aspirantes. Os principais jogadores estão na disputa da Copa Sul-Americana.

PRÓXIMO JOGO

Pelo Estadual, o Athletico volta a campo nesta quinta-feira (6), quando enfrenta o Coritiba, na Arena da Baixada. Contudo, ao mesmo tempo o Furacão também tem compromissos pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira (4), o time enfrenta o Melgar, no Peru.

ESCALAÇÃO

O Athletico manteve o esquema 4-2-3-1 de outros jogos, mas com uma mudança: O volante Alvarado jogou de zagueiro e Geovane entrou no meio-de-campo. A linha de três meias ofensivos tinha Reinaldo na direita, Jajá no meio e Jáderson na esquerda.

PRIMEIRO TEMPO

O Athletico começou com marcação alta no campo adversário e tentando tocar a bola, enquanto o Azuriz se fechava e tentava contra-ataques em velocidade. No terceiro contragolpe pelo lado esquerdo, o time de Pato Branco abriu o placar com Hélio, aos 14 minutos, num lance polêmico. Houve dúvida se a bola entrou mesmo.

Além do gol, o Azuriz criou outros incômodos para o Athletico em jogadas pelas pontas e cruzamentos para a área. O Furacão só conseguiu chutar uma bola a gol aos 29 minutos. Quando ia ao campo de ataque, o time mostrava lentidão nos passes e pouca movimentação e criação. A troca de posição de Jáderson com Reinaldo nas pontas não deu resultado. O Athletico terminou a etapa com 3 finalizações (2 certas), contra 9 (3 certas) do Azuriz.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Athletico voltou com o zagueiro João Vialle no lugar do atacante Reinaldo e o meia Ramon em vez do volante Geovane. Alvarado passou voltou a ser volante. O time ganhou intensidade e ocupou o campo adversário, mas criou poucas chances de gol. Aos 15, o atacante Julimar entrou no lugar do lateral Kleiton. Apesar do volume de jogo, o time não conseguia quebrar a marcação do Azuriz e só finalizou em cobranças de falta e após escanteios. Aos 33, entrou o atacante Dudu em vez de Jajá. Aos 42, Elias Carioca substituiu Kawan.

Na etapa, a melhor chance foi do Azuriz, aos 39 minutos. O goleiro Anderson soltou uma bola e João Pedro chutou prensado com a zaga. A bola bateu na trave e saiu. No segundo tempo, o Athletico somou 5 finalizações (uma certa) e o Azuriz, 3 (1 na trave e duas para fora)

AZURIZ 1 x 0 ATHLETICO
Azuriz: Renan; Hayner, Salazar, Vinicius Guarapuava e Mateus Mendes; Fábio, Rezende e Edson Carioca (Kendy); Hélio (Giba), Lucas Vieira (João Pedro) e Juan (Ednei). Técnico: Fabiano Daitx
Athletico: Anderson; Kleiton (Julimar), Alvarado, Luan Patrick e Vinícius Kauê; Geovane (Ramon) e Kawan (Elias Carioca); Reinaldo (João Vialle), Jajá (Dudu) e Jáderson; Mingotti. Técnico: Buno Lazaroni
Gol: Hélio (14-1º)
Cartões amarelos: Luan Patrick, Lucas Vieira, Hayner
Árbitro: Elvio Kertelt Legnani
Local: Estádio Os Pioneiros, em Pato Branco, segunda-feira

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

7 – Edson sai nas costas da defesa e bate cruzado. Anderson estica a perna e defende

13 – Matheus Mendes recebe de Juan e cruza. Lucas Vieira cabeceia prensado com Alvarado. A bola sai à direita do gol

14 – Gol do Azuriz. Matheus Mendes cruza. Vieira erra o cabeceio. Hélio ergue o pé e finaliza na pequena área, quase na linha de fundo. O goleiro defende com o braço esticado em cima da risca. O árbitro dá o gol. O auxiliar não diz que a bola entrou. Mas o árbitro confirma o gol

17 – Hélio puxa jogada pela direita e toca para Fábio, que arremata de fora da área, por cima do gol

21 – Hayner cruza da direita. Luan Patrick tenta cortar e joga a bola para trás. A bola assusta e sai

22 – Após contra-ataque, Rezende chuta de fora da área. A bola desvia na zaga e sai em escanteio

24 – Após escanteio, Vieira chuta prensado com a zaga. Anderson sai e pega por baixo

26 – Após escanteio, Vieira ganha de Mingotti pelo alto, mas cabeceia fraco. Anderson pega fácil

29 – Luan Patrick cobra falta com força. O goleiro Renan pega

33 – Após escanteio, Vinícius Guarapuava cabeceia, mas erra o alvo

35 – Hélio dribla Vinicius Kauê e bate à esquerda do gol

40 – Luan Patrick arrisca de longe e manda por cima

43 – Reinaldo cobra falta no bico da área direto a gol. A bola bate em Vieira e sai

46 – Juan puxa jogada pela esquerda e cruza. Rezende finaliza para fora

SEGUNDO TEMPO

12 – Falta para o Athletico. Kawan rola e Jáderson chuta forte. Renan espalma

17 – Jáderson sofre falta perto da área. Ele cobra e manda por cima do gol

20 – Ramon cobra escanteio e João Vialle cabeceia por cima do gol

39 – Ednei cruza rasteiro. Anderson salta e tentar interceptar, mas larga a bola. João Pedro chuta prensado com João Vialle. A bola bate na trave e sai em escanteio

42 – Edson Carioca tabela com Ednei, recebe e bate. A bola desvia na zaga e vai por cima. Ednei cobra o escanteio. Vinicius Guarapuava ganha de Anderson pelo alto, mas cabeceia por cima do gol

45 – Jaderson recebe de Dudu e bate em cima da zaga. A bola sai em escanteio

49 – Jáderson arrisca de longe. A bola vai para fora