Juniores

Athletico perde para o Galo no primeiro jogo da final do Brasileiro Sub-20

Atlético-MG 2x1 Athletico
Atlético-MG 2x1 Athletico (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/José Tramontin)

O time de juniores do Athletico Paranaense perdeu por 2 a 1 para o Atlético Mineiro, nesse domingo (dia 17) à noite, na primeira partida da final do Campeonato Brasileiro Sub-20. O jogo de volta está marcado para o próximo domingo, às 20h, no miniestádio do CAT Alfredo Gottardi. O Furacão precisa de uma vitória por dois gols de vantagem para ficar com o título. Uma vitória por um gol leva a disputa para os pênaltis.

Por ter a melhor campanha nas fases anteriores, o Athletico ganhou o privilégio do mando de campo da segunda partida.

A competição, criada em 2006, nunca foi vencida por um clube paranaense. O Athletico chegou à final em 2014 e ficou com o vice, perdendo para o Corinthians. O time de juniores do clube paranaense contava com o médio-centro Rossetto (hoje no Atlanta United, dos Estados Unidos) e com o atacante Crysan (hoje no Santa Clara, de Portugal). Crysan foi o artilheiro daquela edição, com cinco gols.

O Coritiba foi vice em 2017, perdendo a decisão para o Cruzeiro.

De 2006 a 2014, a competição foi organizada pela Federação Gaúcha. Em 2015, passou a ser comandada pela CBF.

OS CAMPEÕES
Títulos do Brasileirão Sub-20
Cruzeiro 4
Inter 2
Grêmio 2
América-MG 1
Corinthians 1
Palmeiras 1
Flamengo 1
Fluminense 1
Botafogo 1

A CAMPANHA DO ATHLETICO
Jogos: 24
Vitórias: 13
Empates: 6
Derrotas: 5
Gols marcados: 52
Gols sofridos: 27

Artilheiros do Athletico
No Brasileirão Sub-20
Vinícius Mingotti: 9 gols
Jajá: 8 gols
Julimar: 6 gols
João Pedro: 5 gols)
Iago: 5 gols

Atlético Mineiro 2×1 Athletico Paranaense

Campeonato Brasileiro Sub-20: Final – jogo de ida
Local: SESC Alterosas, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)

Atlético Mineiro: Gabriel Delfim; Talisson, Hiago Ribeiro, Micael e Kevin (Vinícius Nogueira); Iago (Luís Eduardo), Wesley (Gabriel Santos) e Júlio César (Rubens); Guilherme Santos, Giovani (Pedro Henrique) e Echaporã (Matheus Alisson). Técnico: Marcos Valadares

Gols: Júlio César, aos 15’ do primeiro tempo; Iago, aos 17’ do segundo tempo

Athletico Paranaense: Léo Linck; Luca Caio (João Vialle), Edu, Luan Patrick e Raimar (João Victor); Kawan, Ramón e João Pedro (Dudu); Jajá (John Mercado), Vinicius Mingotti (Rômulo) e Julimar (Iago). Técnico: Rafael Guanaes

Gol: Vinícius Mingotti, aos 13’ do segundo tempo