Publicidade
Campeonato Paranaense

Athletico pode ter até seis mudanças na escalação para o primeiro jogo da final

Cittadini: ele volta ao time para o clássico de domingo
Cittadini: ele volta ao time para o clássico de domingo (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Fabio Wosniak)

Athletico Paranaense e Coritiba fazem no domingo (dia 2) às 16 horas o primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense 2020. O duelo será na Arena da Baixada, sem a presença de torcedores, por causa da pandemia do coronavírus. A partida de volta está marcada para o Couto Pereira, na quarta-feira (dia 5) às 20 horas. Pelo regulamento, o mando de campo do segundo jogo fica com a equipe com melhor campanha nas fases anteriores.

Para o primeiro duelo, o técnico Dorival Júnior pode fazer até seis mudanças na escalação: uma na lateral-direita, uma na zaga, uma na lateral-esquerda, uma no meio-campo e duas nas pontas.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO
Santos; Erick (Jonathan), Lucas Halter, Thiago Heleno e Abner Vinícius; Wellington; Léo Cittadini, Marquinhos Gabriel, Nikão e Carlos Eduardo (Vitinho ou Jajá); Bissoli.

LATERAL-DIREITA
Dorival Júnior vem usando o volante Erick na lateral-direita. O jogador, que já tinha atuado nessa posição nas categorias de base, acabou ganhando a titularidade. No entanto, na última quarta-feira, sentiu dores no joelho e precisou ser substituído contra o FC Cascavel. Jonathan, 34 anos, entrou no lugar dele. Os resultados dos exames de Erick ainda não foram divulgados e ele segue como dúvida para domingo.

Uma terceira opção para essa posição é Khellven, 19 anos, mas o jogador teve pouco espaço em 2020. Atuou apenas em quatro jogos: dois com os aspirantes e dois com Dorival Júnior.

ZAGA
Thiago Heleno, 31 anos, cumpriu suspensão por cartões amarelos contra o FC Cascavel e volta ao time contra o Coritiba. Com isso, Zé Ivaldo retorna ao banco.

LATERAL-ESQUERDA
O titular Márcio Azevedo, 34 anos, testou positivo para covid-19 e só volta a jogar no Brasileirão. O substituto imediato, Adriano, foi expulso contra o Cascavel e agora cumpre suspensão no primeiro jogo da final. Com isso, Abner Vinícius, 20 anos, vira o dono da posição. Ele disputou 14 partidas desde que chegou ao clube, em julho de 2019. Foram seis em 2020.

MEIO-CAMPO
Contra o FC Cascavel, Dorival Júnior poupou Léo Cittadini e deu chance para Bruno Leite. Para a final, o titular retorna ao time.

PONTAS
Carlos Eduardo e Nikão são os titulares de Dorival Júnior. No último jogo, Carlos Eduardo sentiu dores e virou dúvida para domingo. As opções para o lugar dele são Vitinho, Jajá e Pedrinho. Nikão foi poupado contra o Cascavel e volta ao time contra o Coritiba.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES