Mercado da bola

Athletico prepara pacote de reforços com trio para o setor ofensivo

Vitor Bueno e Pablo
Vitor Bueno e Pablo (Foto: Divulgação/saopaulofc.net/Érico Leonan)

O Athletico Paranaense está perto de acertar um pacote de reforços para o setor ofensivo. O clube pode anunciar nos próximos dias as chegadas do centroavante Pablo, do meia/ponta Vitor Bueno e do ponta Marlos.

Os três estão livres no mercado, sem contrato com outros clubes. Pablo, 29 ano, rescindiu com o São Paulo. No acordo, o clube paulista ficou com 30% dos direitos econômicos do jogador. Vitor Bueno, 27 anos, também acertou sua rescisão com o São Paulo. Marlos, 33 anos, deixou o Shakhtar Donetsk após o final do contrato.

MARLOS
Nascido em São José dos Pinhais, Marlos se profissionalizou no Coritiba em 2007. Em 2009, foi vendido pelo equivalente a 2 milhões de euros para o São Paulo. Em 2012, o Metalist, da Ucrânia, comprou o jogador por 4 milhões de euros. Em 2014, foi vendido ao Shakhtar Donetsk por 8 milhões de euros. Ganhou oito títulos nacionais na Ucrânia (quatro ligas e quatro copas). O jogador se naturalizou ucraniano e defendeu a seleção do país em 27 partidas, incluindo duas na Eurocopa de 2021. Pelo clube ucraniano, somou 287 jogos, 74 gols e 65 assistências.

Marlos jogou a maior parte da carreira como ponta-direita. Na última temporada, atuou 20 partidas nessa posição e seis como meia centralizado. Foi titular em 11 jogos. Marcou três gols e fez cinco assistências.

Em 2021, o Athletico deixou de usar a posição de meia centralizado. O time atuou no 5-2-3, com Terans (esquerda) e Nikão (direita) abertos pelos lados do campo, mas com muita liberdade de ação pelo centro do campo.

VITOR BUENO
Revelado na base do Bahia, passou por Monte Azul e Botafogo-SP até se destacar no Santos, em 2015. Ficou no clube paulista até 2018, quando acabou emprestado para o Dynamo Kiev, da Ucrânia. Só foi utilizado em três partidas no futebol europeu e retornou para o Brasil. Foi contratado pelo São Paulo em 2019.

Em 2020, Vitor Bueno fez boa temporada, com 55 jogos (27 titular), 4 gols e 6 assistências. Em 2021, não conseguiu se destacar. No Brasileirão 2021, somou 7 jogos como titular, 12 como substituto, 1 gol e nenhuma assistência.

Nos últimos anos, Vitor Bueno jogou mais vezes como meia-ponta pela esquerda, mas também atuou centralizado em algumas partidas.

PABLO
Pablo foi revelado nas categorias de base do Athletico. Em 2011, no primeiro ano como profissional, atuou como centroavante. Depois, passou a ser improvisado como lateral-direito, ponta, meia ofensivo e até volante. Também foi emprestado quatro vezes – duas para o Figueirense (2013 e 2014), Real Madrid B (2014) e Cerezo Osaka (2015).

Começou a se destacar em 2016, quando virou titular com o técnico Paulo Autuori (hoje diretor técnico do Athletico), e somou 9 gols em 30 jogos no Brasileirão, terminando como artilheiro da equipe na competição. Voltou a brilhar em 2018, conquistando o título da Copa Sul-Americana e se consagrando como artilheiro da competição, com cinco gols em 12 jogos.

Em seguida, foi vendido por R$ 26,6 milhões pelo Athletico para o São Paulo. No clube paulista, somou 32 gols em 121 jogos. Pelo Athletico, foram 34 gols em 170 partidas.