Brasileirão

Athletico questiona arbitragem no Brasil e vê mudanças com 'desconfiança'

Autuori
Autuori (Foto: Reprodução de vídeo/youtube/Athletico Paranaense)

O Athletico Paranaense divulgou um vídeo nessa terça-feira (dia 30) com o diretor-técnico do clube, Paulo Autuori, questionando a arbitragem no Brasil. Em 12 de novembro, a CBF trocou o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, tirando Leonardo Gaciba e colocando Alicio Pena Júnior. Em seguida, nos jogos com São Paulo e Corinthians, o time paranaense teve sérios problemas com árbitros.

“Todos nós sofremos com isso, mas o que causa indignação em muitos profissionais no futebol é o que se torna comum no futebol brasileiro: as mudanças de regras em relação a muitas coisas que quero enfatizar. Quando saiu o Gaciba e entrou o Alício, aquilo que valia, que era o VAR, parece que já não está valendo mais. Isso tudo gera uma grande desconfiança. Uma interferência muito grande em todas as zonas da classificação”, disse Autuori. “Parece que alguns, a partir da entrada do Alício, colocam a ideia de teve mudanças e que o VAR não vai interferir tanto no jogo. A criação do VAR, a essência era trazer transparência e, por consequência, justiça aos resultados dos jogos”, declarou.

“Não há uma projeção longitudinal que termine um ciclo e vai analisar o que houve de bom e ruim em relação à arbitragem. Mudar só na temporada que vem, mas muda no meio do caminho e alguns prejudicados caem no esquecimento. No final do campeonato, muda-se completamente os critérios. Chega a ser ridículo a maneira que estamos levando o futebol brasileiro. Essa é mais uma das situações que ilustram a falta de rumo do futebol brasileiro e que tem a ver com a entidade máxima, a CBF”, comentou o diretor do Athletico. “Gera algumas preocupações em função de ter três rodadas para terminar o Campeonato Brasileiro e uma Copa do Brasil a ser definida. Que sejam mais claros, transparentes, e, acima de tudo, se comuniquem com os protagonistas: jogadores e público”, afirmou.