Publicidade
Brasileirão

Athletico recebe o Palmeiras na Arena e tenta ‘vingança’ após marca de Tiago Nunes

Tiago Nunes: "Se emendar umas três vitórias seguidas, ainda dá para chegar ao G6”
Tiago Nunes: "Se emendar umas três vitórias seguidas, ainda dá para chegar ao G6” (Foto: Reprodução de vídeo / Site oficial do Athletico)

O Athletico recebe o Palmeiras na Arena da Baixada, neste domingo (20), às 19 horas, pela 27ª rodada do Brasileirão. O time paulista foi o único que não levou gol do Furacão, quando este atuou fora de casa na competição.

Embora tenha ficado com a fama de “time que só joga na sintética” – o gramado da Arena é o único sintético no Brasileirão –, o Athletico fez gols em todos os jogos disputados fora de casa. Menos diante do Palmeiras, quando o time paranaense foi derrotado por 1 a 0. Neste Brasileirão, apenas outros dois times não foram vazados pelo Furacão: São Paulo e Avaí. Ambos venceram na Arena por 1 a 0.

Se fora de casa o Athletico marcou 21 gols em 14 jogos (média de 1,5 por partida), em casa foram 16 em 12 jogos (1,25 por partida).

A “vingança” diante do Palmeiras ocorre três dias depois que o técnico Tiago Nunes completou 100 jogos à frente do Athletico – na 100ª partida, o time derrotou o Fluminense por 2 a 1 no Maracanã, nesta quinta-feira (17). O resultado deixou o time em 7º lugar, com 38 pontos – quinze atrás do Palmeiras, o 2º colocado.

Embora seja o único time brasileiro garantido na Copa Libertadores de 2020, por ter conquistado a Copa do Brasil em setembro, Nunes acha que o time pode render mais no Brasileirão. “O meu próximo objetivo é ganhar do Palmeiras no domingo”, disse o treinador. “Estamos no meio da tabela, poderíamos estar em uma condição melhor e o foco é chegar no G6 ou G4. Se emendar umas três vitórias seguidas, ainda dá para chegar ao G6”.

Para este domingo, Nunes conta com o retorno do zagueiro Thiago Heleno, que cumpriu suspensão na quinta-feira. No mais, o time deve ser o mesmo que derrotou o Fluminense no Maracanã.

 

ATHLETICO x PALMEIRAS
Athletico: Santos; Madson, Thiago Heleno, Leo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington e Bruno Guimarães; Marcelo Cirino, Leo Cittadini e Rony; Thonny Anderson. Técnico: Tiago Nunes
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo (Luan) e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Deyverson e Willian. Técnico: Mano Meneze
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Local: Arena da Baixada, domingo, às 19 horas

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES