Mercado da bola

Athletico tenta trazer Daniel Alves e Coritiba nega

Em 2019, Daniel Alves (à direita), enfrenta Adriano e Bruno Guimarães, ambos do Athletico
Em 2019, Daniel Alves (à direita), enfrenta Adriano e Bruno Guimarães, ambos do Athletico (Foto: Arquivo Bem Paraná/Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense está tentando a contratação do lateral-direito Daniel Alves, 38 anos, que está livre no mercado após rescindir com o São Paulo.

A informação partiu do jornalista argentino César Luis Merlo, especialista no mercado sul-americano de jogadores. Perguntado por jornalistas sobre essa possibilidade, o presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, respondeu que 'está trabalhando'. Já o diretor-técnico Paulo Autuori afirmou que é 'muito difícil'.

Em redes sociais, surgiu a informação que o Coritiba também estaria interessado em Daniel Alves. O presidente do Coritiba, Juarez Moraes e Silva, negou essa possibilidade.

No São Paulo, Daniel Alves recebia cerca de R$ 1,5 milhão por mês – quantia que envolve salários, direitos de imagem e outros benefícios.

Segundo representantes do jogador, quatro clubes do Brasil e dois de fora do país estão tentando a contratação do lateral.

O Flamengo é um deles e está disposto a pagar cerca de R$ 500 mil mensais pelo jogador. O Fluminense também entrou na 'briga' para levar o jogador.

Segundo informações de bastidores, o teto salarial do Athletico é R$ 300 mil mensais.

A janela de transferências do Brasileirão fecha nesta sexta-feira (dia 24). Caso seja contratado, Daniel Alves não poderia mais jogar a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana, já que o prazo de inscrições dessas competições já foi encerrado.

O lateral chegou ao São Paulo em 2019. Disputou 95 jogos pelo clube, com 10 gols marcados e 14 assistências. Sua última partida foi em 25 de agosto. Em 2021, vinha atuando como extremo (meia ofensivo) pela direita, mesma posição ocupada por Nikão no esquema tático 4-2-3-1 do Athletico.