Assine e navegue sem anúncios [+]
Na Arena

Athletico vence o Goiás desfalcado pela Covid-19 e soma 100% no Brasileirão

Jogadores do Athletico comemoram o primeiro gol
Jogadores do Athletico comemoram o primeiro gol (Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico conseguiu a segunda vitória em dois jogos no Brasileirão 2020. Na noite desta quarta-feira (12), o time derrotou o Goiás por 2 a 1, na Arena da Baixada. A partida era válida pela 2ª rodada. Com o resultado, o Furacão soma 6 pontos.

A partida esteve ameaçada de não acontecer. O Goiás disse que só viria para Curitiba se tivesse em mãos os resultados dos testes de coronavírus dos jogadores. Os resultados saíram antes do embarque da equipe, na terça-feira. Isso evitou surpresas como a de domingo, quando o Goiás foi surpreendido pela informação de que dez jogadores estavam com a Covid-19.

COVID-19

O Goiás tinha ao todo 12 desfalques para a partida. Nove deles eram por coronavírus, afastados antes do jogo contra o São Paulo – que acabou adiado. Os outros três estavam lesionados.

TABELA

O próximo jogo do Athletico será neste domingo (16). O time enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, a partir das 19h45.

SUSTO

Aos 17 minutos, o meia Fernando Canesin sentiu dores na cabeça após disputa contra Daniel Bessa e caiu na beira do gramado. A ambulância foi acionada para socorrer o jogador. O médico do Goiás chegou a afirmar que o jogador do Athletico havia perdido os sentidos, mas se recobrou. Mesmo assim, ele foi retirado de campo. Leo Cittadini entrou em seu lugar. O árbitro chegou a ser chamado pelo VAR para rever o lance e, eventualmente, dar cartão vermelho. Mas deu apenas o amarelo para Bessa.

ESCALAÇÃO

O técnico Dorival Júnior pôde contar com os retornos do goleiro Santos, do zagueiro Thiago Heleno, do volante Wellington e do meia Marquinhos Gabriel, poupados na estreia diante do Fortaleza. O time foi no 4-3-3, com variação para o 4-1-4-1.

PRIMEIRO TEMPO

O Athletico apresentou domínio territorial desde o começo, enquanto o Goiás só marcava. Mas até os 30 minutos o time da casa só havia finalizado uma vez. Aos 31, porém, Vitinho fez 1 a 0, com um chute no ângulo. O atacante ainda teve outras duas chances de ampliar o marcador, após cruzamentos, mas mandou uma por cima e outra na trave.

Quando o primeiro tempo parecia controlado, o Goiás chegou ao empate num lance polêmico. O zagueiro Rafael Vaz cobrou uma falta e acertou a barreira. Na sequência, a bola saiu. O goleiro Santos até tentou bater o tiro de meta, mas o árbitro parou o jogo antes disso, foi à tela do VAR e, quando voltou, marcou pênalti. Segundo ele, a bola chutada por Rafael Vaz bateu no braço do zagueiro Thiago Heleno. Daniel Bessa cobrou e empatou. Por causa disso, e da lesão de Fernando Canesin, o primeiro tempo terminou aos 57 minutos.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Athletico viu o adversário equilibrar a partida. Aos 21 minutos, o técnico Doriva Júnior trocou o atacante Vinicius Mingotti por Carlos Eduardo, que entrou como centroavante. Aos 30, ele marcou um gol de centroavante, após uma boa jogada de Vitinho – que acreditou em uma bola e fez um passe que deixou o colega livre. Aos 43, o treinador colocou Richard e Geuvânio nos lugares de Marquinhos Gabriel e Vitinho. Geuvânio estreava na equipe. E o time segurou a vantagem até o fim

ATHLETICO 2 x 1 GOIÁS

Athletico: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Lucas Halter e Abner Vinícius; Wellington, Fernando Canesin (Leo Cittadini) e Marquinhos Gabriel (Richard); Nikão, Vinicius Mingotti (Carlos Eduardo) e Vitinho (Geuvânio). Técnico: Dorival Júnior
Goiás: Marcelo Rangel; Yago Rocha (Pintado), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Heron; Breno, Luiz Gustavo (Miguel Ferreira), Thalles (Douglas Baggio) e Daniel Bessa (Ignancio Jara); Victor Andrade e Vinícius (Zeca). Técnico: Ney Franco
Gols: Vitinho (31-1º), Daniel Bessa (57-1º), Carlos Eduardo (30-2º)
Cartões amarelos: Daniel Bessa, Jonathan, Thiago Heleno, Lucas Halter, Rafael Vaz, Victor Andrade
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Local: Arena da Baixada, quarta-feira

LANCES DO JOGO

PRIMEIRO TEMPO

17 – Vitinho dribla um marcador pelo lado esquerdo e arremata a gol. Marcelo Rangel espalma

31 – Gol do Athletico. Vitinho recebe de Lucas Halter, dribla Yago Rocha pelo lado esquerdo e bate com curva. A bola entra no ângulo

33 – Thalles chuta de fora da área. Santos defende

34 – Victor Andrade avança e arremata, mas para fora

35 – Abner arrisca de longe e manda para fora

37 – Marquinhos Gabriel arremata de perto da área e Marcelo Rangel defende

37 – Abner cruza. Vitinho se atira e tenta finalizar de carrinho, mas toca mal na bola e manda por cima

47 – Após jogada pela direita, Jonathan cruza e Vitinho cabeceia. A bola bate na trave e volta em cima do zagueiro Fábio Sanches. O goleiro chuta a bola para longe

51 – Nikão cobra falta com efeito e manda para fora

54 – Rafael Vaz cobra falta e acerta a barreira. O árbitro, depois de consultar o VAR, aponta que a bola bateu no braço de Thiago Heleno, na barreira. E dá pênalti

57 – Gol do Goiás. Daniel Bessa cobra pênalti no canto esquerdo, enquanto o goleiro Santos cai para o outro lado

SEGUNDO TEMPO

6 – Daniel Bessa cobra escanteio. Fábio Sanches sobe com o goleiro Santos, que dá um soco esquisito na bola e a manda pela linha de fundo

22 – Leo Cittadini chuta da meia-lua. A bola sai rente à trave

23 – Victor Andrade bate forte, de fora da área. A bola desvia e assusta, mas vai para fora

30 – Gol do Athletico. Nikão cruza. Vitinho evita que a bola saia e toca para o miolo. A bola passa por cima do goleiro Marcelo Rangel, que havia saído no lance, e Carlos Eduardo finaliza para dentro

33 – Heron cruza. Victor Andrade finaliza de dentro da área. A bola sai rente à trave

38 – Wellington lança. Vitinho toca para Leo Cittadini, que bate para fora

42 – Victor Andrade finaliza cruzado, de dentro da área, mas manda para fora

44 – Após cobrança de falta, Nikão domina a bola na área e finaliza por cima do gol

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK