Copa Sul-Americana

Athletico x América de Cali: onde assistir, escalações e alta premiação

O goleiro Bento: titular contra o América de Cali
O goleiro Bento: titular contra o América de Cali (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/Gustavo Oliveira)

O Athletico Paranaense decide nesta terça-feira (dia 20) às 21h30 uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana 2021. O duelo, na Arena da Baixada, será contra o América de Cali, na partida de volta das oitavas de final. No confronto de ida, na Colômbia, o time paranaense venceu por 1 a 0. Agora, fica com a vaga com um empate. Em caso de derrota por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. O gol como visitante é critério de desempate. Ou seja, se perder por 2 a 1 ou 3 a 2, por exemplo, será eliminado.

TV
A partida será transmitida apenas pela Conmebol TV, canal que está disponível nas operadoras Claro, Sky e DirecTV Go por R$ 39,90 mensais.

ESCALAÇÃO
Devido ao desgaste físico excessivo, o técnico António Oliveira não usou como titulares contra o Ceará, no último sábado, o zagueiro Thiago Heleno, o volante Richard, o meia David Terans, os extremos Nikão e Vitinho e o centroavante Matheus Babi. O volante Richard testou positivo para Covid-19, fica em isolamento e não joga contra o América. Os demais cinco jogadores voltam ao time titular nesta terça-feira.

Outro que retorno é o lateral-direito Marcinho, que cumpriu suspensão no Campeonato Brasileiro. A lista de ausências também tem o goleiro Santos e o lateral-esquerdo Abner, que estão com a seleção olímpica.

ESQUEMA TÁTICO
Sem Richard, o técnico António Oliveira pode usar o esquema tático 4-2-3-1, com Christian e Cittadini como volantes.

Outra possibilidade é escalar o zagueiro Zé Ivaldo, mudando para o esquema tático com três zagueiros (5-4-1 para defender e 3-4-3 para atacar).

ADVERSÁRIO
No America de Cali, o técnico Juan Carlos Osorio não trouxe para Curitiba os pontas Santiago Moreno (21 anos) e Jeison Lucumí (26 anos, titular da Colômbia no Mundial Sub-20 de 2015). Moreno tem ofertas de clubes da MLS, dos Estados Unidos. Lucumí pode ter ficado de fora por questões de saúde, mas não há informações oficiais.

O técnico Juan Carlos Osório, ex-São Paulo, Atlético Nacional-COL, México e Paraguai, estreou no comando do América contra o Athletico, na semana passada. O time colombiano havia jogado pela última vez em 25 de maio, entrou em férias em 29 de maio e voltou aos trabalhos em 15 de junho. O clube foi punido pela Fifa e não conseguiu registrar novos reforços, dificultando ainda mais o trabalho do treinador.

SÉRIE INVICTA
A equipe principal do Athletico não perde em casa desde 12 de dezembro de 2020 — 1 a 0 para o Atlético-MG, pela 25ª rodada do Brasileirão. Desde então, só a equipe de aspirantes perdeu em casa – para Operário e Londrina, no Paranaense 2021.
Pela Sul-Americana, o Athletico não perde na Arena desde as quartas de final de 2018, quando levou 1 a 0 no tempo normal, mas avançou nos pênaltis. Depois daquele jogo, foram mais cinco partidas pela competição em Curitiba, com quatro vitórias do Furacão e um empate.

COTAS
A Copa Sul-Americana paga suas cotas por participação em cada fase. O Athletico já acumulou US$ 1,4 milhão, ou seja, R$ 7,3 milhões: foram US$ 900 mil pela fase de grupos mais uS$ 500 mil pelas oitavas de final. Se chegar às quartas, fatura mais US$ 600 mil (R$ 3,1 milhões), acumulando assim R$ 10,4 milhões na competição.

O PRÊMIO INTERNACIONAL
Cotas da Copa Sul-Americana 2021 (participação por fase)
1ª fase preliminar – R$ 1,2 milhão (US$ 225 mil)
Fase de grupos – R$ 4,7 milhões (US$ 900 mil)
Oitavas – R$ 2,6 milhões (US$ 500 mil)
Quartas – R$ 3,1 milhões (US$ 600 mil)
Semifinal – R$ 4,2 milhões (US$ 800 mil)
Vice – R$ 10,5 milhões (US$ 2 milhões)
Campeão – R$ 21 milhões (US$ 4 milhões)

ATHLETICO x AMÉRICA DE CALI
Athletico: Bento; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian e Cittadini; Nikão, Terans e Vitinho; Matheus Babi. Técnico: António Oliveira
America de Cali: Graterol; Kevin Andrade, Marlon Torres, Pablo Ortíz e Héctor Quiñones; Luis Alejandro Paz, Rodrigo Ureña, Arrieta, Joao Rodríguez e Batalla; Adrian Ramos. Técnico: Juan Carlos Osorio
Árbitro: D.Herrera (Argentina)
Local: Arena da Baixada, terça-feira às 21h30
TV: Conmebol TV