Esporte

Ex-JMalucelli, jogador vai receber R$ 5 milhões do Atlético-MG

VICTOR MARTINS

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A passagem de Emerson Conceição pela Cidade do Galo não deixou saudades. Pelo contrário, o lateral esquerdo é apontado com um dos principais erros durante a gestão do ex-presidente Alexandre Kalil, entre 2008 e 2014. Mesmo com apenas 27 jogos disputados, o jogador fez um acordo com o Atlético-MG e vai receber R$ 5 milhões.

O lateral esquerdo foi revelado no JMalucelli, em 2006. Depois rodou por Lille-FRA, Benfica-POR, Trabzonspor-TUR e Rennes-FRA. O jogador move uma ação na justiça contra o Atlético. Após o acerto, a homologação vai acontecer nesta sexta-feira na 18ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. Pelo acordo feito entre as duas partes, o clube vai fazer pagamentos mensais, até dezembro de 2021. Até janeiro de 2019 as parcelas serão de R$ 50 mil. Já de fevereiro do ano que vem até o fim o clube terá de pagar R$ 130 mil a cada mês.

Emerson Conceição chegou ao Atlético em abril de 2014, para suprir as saídas de Júnior César e Richarlyson, que haviam deixado o clube alguns meses antes. Apesar dos títulos importantes no currículo, como o Campeonato Francês pelo Lille e o Português pelo Benfica, Emerson Conceição não fez uma boa partida sequer com a camisa alvinegra.

Apesar de apenas 27 aparições, o jogador conquistou três títulos durante o período em que esteve na Cidade do Galo. Foi campeão da Recopa e da Copa do Brasil em 2014 e do Campeonato Mineiro do ano seguinte. Inclusive, foi no Estadual de 2015 que ele atuou pela última vez com a camisa do Atlético-MG, no triunfo por 3 a 0 sobre o Tombense, pela primeira fase da competição.