Atlético-MG promete capricho contra o Atlético-GO para 'fazer sombra' nos líderes

O Atlético-MG só escapou da derrota para o Bragantino no minuto final do seu compromisso na rodada final do Brasileirão. Passou aperto desnecessário por causa das muitas chances desperdiçadas e das falhas da defesa. Neste domingo, às 18h15, no Mineirão, os atacantes de Jorge Sampaoli prometem caprichar diante do Atlético-GO em busca de vitória para "fazer sombra" em Internacional e São Paulo, rivais à frente na tabela.

Depois de liderar o Brasileirão por algumas rodadas, o Atlético-MG perdeu a posição por causa de muitos pontos desperdiçados em confrontos nos quais foi melhor, mas acabou castigado pelos gols desperdiçados.

Com ataque poderoso, a ordem do exigente Sampaoli é para seus comandados "colocarem o pé na forma". Keno caiu muito de produção nas finalizações e há alguns jogos deve uma boa apresentação.

Vargas também poderia ter se saído melhor em Bragança Paulista, no desperdício de dois pontos que seriam vitais na briga pelo título. O Atlético-MG entrou na rodada com seis pontos a menos do que o São Paulo e a três atrás do Inter, líder e segundo colocado, respectivamente.

Como tem um jogo a menos, com o Santos, o time mineiro podia entrar na rodada em situação muito boa. Não está mal, mas sabe que tem a obrigação de somar os três pontos diante dos goianos que costumam ser duros rivais como visitantes.

Sampaoli tem apenas uma dúvida na escalação. O volante Jair, que estava sem ritmo e entrou no segundo tempo contra o Bragantino, voltará a ser titular. Resta saber quem sai: Allan ou Alan Franco.

O meia Zaracho poderia ser outra opção ao técnico argentino, mas ainda não está plenamente recuperado de lesão da coxa. Autor do gol de empate diante do Bragantino, Hyoran segue sendo o principal responsável pela armação.