Libertadores

Atlético perde para Tolima e vê série invicta acabar, mas avança em 1º no Grupo D

(Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético-MG)

A série invicta histórica do Atlético-MG em jogos válidos pela Libertadores chegou ao fim na noite desta quarta-feira. Após 18 partidas sem derrotas na competição continental, o time comandado por Antonio Mohamed perdeu por 2 a 1 para o Tolima, no Mineirão, pela rodada de encerramento da fase de grupos.

O resultado deixou a equipe mineira na liderança do Grupo D, com os mesmos 11 pontos do Tolima, que também avançou, em segundo lugar, por ter desvantagem de 4 a 1 no saldo de gols. Os atleticanos precisavam vencer para alcançar um lugar mais alto entre as melhores campanhas do torneio.

O Atlético encontrou um Tolima bem organizado defensivamente e sofreu para encontrar espaços no campo de ataque. Entre desarmes e bolas aéreas interceptadas na área adversária, os começou a apostar em finalizações de longe para tentar levar algum perigo, estratégia que forçou defesas de Domínguez, mas não se mostrou eficiente.

No fim das contas, a melhor chance do primeiro tempo surgiu de um cruzamento para área, onde Rubens subiu muito alto e fez a bola explodir no travessão após cabeceio firme, pouco antes de o árbitro mandar o jogo para o intervalo. Do outro lado, o time colombiano estava bastante focado em se defender e só conseguiu assustar em lances esporádicos de contra-ataque.

O panorama teve uma mudança logo no início do segundo tempo, já que o Tolima abriu o placar com um gol de cabeça marcado por Michael Rangel, servido por cruzamento de Ibargüen. O Atlético tentou responder rápido, mas cometeu muitos erros e demorou para voltar a se organizar.

Com a bola nos pés, o time de Antonio Mohamed seguiu forçando jogadas no ataque com alguma dificuldade. De qualquer forma, conseguiu acuar o adversário e insistiu até empatar com Eduardo Sasha, que ficou com a sobra após Fábio Gomes escorar a bola e mandou para a rede.

Os atleticanos só não contavam que Lucumí, que entrou no segundo tempo no lugar de Cataño, faria uma grande jogada nos minutos finais para devolver a vantagem ao Tolima. No lance, o atacante colombiano avançou em velocidade, tabelou com Plata e recebeu dentro da área para marcar o gol da vitória.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 X 2 TOLIMA

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga (Mariano), Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Calebe), Rubens (Eduardo Sasha) e Nacho Fernández (Fábio Gomes); Ademir (Sávio) e Hulk. Técnico: Antonio Mohamed.

TOLIMA - Domínguez; Marulanda, Quiñónes, Moya e Junior Hernández; Trujilo, Ureña, Cataño (Lucumí), Ibargüen (Eduar Caicedo) e Plata; Michael Rangel (Gustavo Ramírez). Hernán Torres.

GOLS - Michael Rangel, aos nove minutos do segundo tempo. Eduardo Sasha, aos 42, e Lucumí, aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Patricio Loustau (ARG).

CARTÕES AMARELOS - Adenur e Guga (Atlético-MG); Gustavo Ramírez, Trujillo e Ureña (Tolima).

RENDA - R$ 1.283.247,08

PÚBLICO - 34.339

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).