Publicidade

Atlético-PR comemora após alcançar a marca de 20 mil associados

No começo de 2013, Mauro Holzmann, diretor de marketing do Atlético-PR, anunciou que o clube tinha o ambicioso plano de dobrar o número de Sócios Furacão, chegando a 30 mil associados. Nesta segunda-feira (2), o clube deu seu primeiro passo e anunciou ter alcançado a marca de 20 mil Sócios Furacão.

Em 2012, com 15 mil associados, o Atlético-PR teve uma receita de R$ 10 milhões. Hoje, os planos do clube custam R$ 70 mensais. Com os 20 mil sócios, o Furacão irá arrecadar mensalmente cerca de R$1,4 milhão (ou R$ 16,8 milhões por ano).

Vila Capanema

Com o crescimento no número de associados, o clube ainda terá de explicar como será feito para os sócios irem ao estádio, uma vez que a Vila Capanema tem capacidade para receber apenas 17 mil torcedores, segundo o Cadastro Nacional de Estádios da CBF. Em 2012

Entre os maiores do Brasil

Após alcançar a marca de 20 mil associados, o Atlético-PR também superou grandes equipes do futebol brasileiro em número de associados, como o Fluminense (19,9 mil sócios), o Vasco da Gama (16 mil sócios) e o Botafogo (10,5 mil sócios).

No Brasil, a equipe com maior massa associativa é o Internacional, com 104,8 mil associados, o que rende R$ 40 milhões por ano ao clube gaúcho. Logo em seguida vem Corinthians (103 mil sócios), Grêmio (72 mil sócios), Santos (60 mil), São Paulo (50 mil) e Coritiba (33 mil).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES