Mercado da Bola

Atlético-PR tenta o empréstimo de meia argentino que pertence ao River Plate

(Foto: Reprodução/ YouTube)

Depois de renovar o contrato de Lucho González por mais uma temporada, o Atlético-PR tenta reforçar o elenco com outro argentino para a temporada de 2019. Trata-se do jovem meia Tomás Andrade, de 22 anos, que pertence ao River Plate, atual campeão da Copa Libertadores, mas que passou a maior parte do ano emprestado ao Atlético-MG, onde disputou 35 partidas e marcou três gols.

Com o empréstimo junto ao Galo chegando ao fim no próximo dia 31 de dezembro, oo jovem já se despediu da torcida alvinegra e agradeceu pela oportunidade de jogar em Minas Gerais, onde marcou seus primeiros gols como profissional e deu assistências importantes pelo Brasileirão.

Depois da chegada do técnico Levir Culpi, contudo, o jogador foi praticamente "esquecido" dentro do clube, figurando apenas no banco de reservas em nove jogos e perdendo espaço dentro do elenco para David Terans. Com isso o clube, que até julho cogitava abrir a carteira para contratar o atleta em definitivo, acabou desistindo da negociação, que custaria cerca de R$ 15 milhões.

Recentemente, o empresário de Tomás, que vive na Argentina, confirmou que o Atlético-PR estaria interessado em seu cliente. Entretanto, como não estaria disposto a bancar um valor tão alto pela contratação, o clube paranaense teria de negociar um novo empréstimo do jovem junto ao River Plate. Outro interessado na contratação seria o Bahia, que também estaria buscando um empréstimo do atleta.

Destaque na base e decepção na Europa

Formado nas categorias de base do Lanús, onde atuou entre 2004 e 2012 (depois rumando para o River Plate), Tomás Andrade acumula passagens pelas seleções de base da Argentina, tendo sido eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes Sub-17 de 2013, quando o River sagrou-se campeão derrotando o Atlético de Madrid. Na época, chegou-se a especular o interesse do Barcelona na contratação do jogador, mas a tratativas não avançaram. 

Aos 19 anos, em 2015, o jogador teve sua primeira experiência num clube estrangeiro, sendo emprestado ao Bournemouth, da Inglaterra, onde era tratado como "estrela em potencial". No entanto, não conseguiu cumprir com as expectativas e em seis meses atuou em apenas dois jogos da base do clube inglês, que optou não pagar 3,5 milhões de librar para fic ar com o atleta em definivito.

Já pelo River Plate, a primeira partida como profissional aconteceu em 30 de abril de 2016. Ao todo, foram 29 partidas pelo clube argentino, sem gols marcados.