Atlético-PR tenta quebrar jejum contra o Corinthians

Dia três de outubro de 2008. Com gols de Paulo Baier, Wallyson e Wesley, o Atlético-PR venceu o Corinthians no Pacaembu (o gol dos paulistas foi marcado por Jucilei). Desde então, as equipes se enfrentaram outras cinco vezes, e os paranaenses não souberam mais o que é vencer.

Nos cinco jogos, foram duas vitórias corintianas e três empates. Curiosamente, as duas vitórias dos paulistas foram no Pacaembu com placar de 2 a 1, enquanto os três empates foram em jogos com mando do Furacão (dois na Arena da Baixada e um na Vila Capanema), com um gol para cada lado.

Nesta quarta-feira (9), o Atlético-PR, terceiro colocado do Brasileiro com 44 pontos, encara o Corinthians, nono colocado com 35 pontos, para tentar quebrar o tabu de cinco anos. A partida em Mogi Mirim começará às 21h50.

Uma vitória do rubro-negro aumentaria a distância entre as equipes para 12 pontos, dificultando o objetivo corintiano de chegar à Libertadores. Por isso, a equipe alvinegra só pensa na vitória e aposta em mistérios para superar o Furacão.

Sem Alexandre Pato e Guerrero, Tite deverá escalar no setor ofensivo os meias Douglas e Danilo e os atacantes Romarinho e Emerson Sheik. O mistério está no posicionamento do último. Tenho a resposta para isso, mas não quero falar. Deixa o Mancini pensar se o Emerson vai jogar ali por dentro, ou se teremos dois de velocidade pelos lados. Temos as duas possibilidades, inclusive podendo modificar durante o jogo, afirmou o treinador.

Além da dupla de atacantes, Tite não contará com Guilherme Andrade, Fábio Santos e Renato Augusto, todos se recuperando de lesões. No Atlético-PR, Paulo Baier e Dellatorre ficam de fora.

Em Mogi Mirim
ATLÉTICO: Weverton, Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva (Deivid), João Paulo, Everton e Zezinho; Marcelo e Éderson. Técnico: Vagner Mancini
CORINTHIANS - Cássio; Edenilson, Gil, Cleber e Alessandro; Ralf, Guilherme, Danilo e Douglas; Emerson e Romarinho. Técnico: Tite.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Local: Estádio Romildão, em Mogi Mirim (SP), às 21h50