Publicidade
Sul-Americana

Atlético tenta primeira vitória fora de casa e Newell´s vive boa fase como mandante

"Atl\u00e9tico 3 x 0 Newell\u00b4s, na Arena: agora a decis\u00e3o ser\u00e1 em Ros\u00e1rio"
"Atl\u00e9tico 3 x 0 Newell\u00b4s, na Arena: agora a decis\u00e3o ser\u00e1 em Ros\u00e1rio" (Foto: Geraldo Bubniak)

O Atlético Paranaense decide uma vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (dia 9), em Rosário, na Argentina. O time enfrenta o Newell´s Old Boys às 19h15 (horário de Brasília) na partida de volta da primeira fase. No jogo de ida, na Arena, o time paranaense venceu por 3 a 0. O gol como visitante é critério de desempate nessa fase.

O técnico Fernando Diniz ainda não venceu como visitante no Atlético, mas também não perdeu. Em cinco jogos fora de casa, foram cinco empates (Caxias, Ceará, São Paulo, Grêmio e Bahia).

Já o Newell´s está em alta desde a chegada do técnico Omar De Felippe. Nos últimos cinco jogos em casa, foram quatro vitórias (sobre Defensa y Justicia, Talleres, Tigre e San Martin). A única derrota foi para o Independiente, por 1 a 0. Nesse jogo, apesar do placar negativo, o time teve mandante teve mais arremates (19 a 12) e mais posse de bola (63%). 

PREMIAÇÃO
Por participar da primeira fase, o Atlético recebeu R$ 875 mil. Se chegar à segunda fase, ganha mais R$ 1 milhão. O adversário da próxima fase é definido por sorteio. Em um pote ficarão os dez eliminados da Libertadores mais os seis melhores da Sul-Americana. Os demais 16 classificados ficam no outro pote.

ESCALAÇÃO DO NEWELL´S
O técnico Omar De Felippe só vai fazer uma mudança em relação ao time que venceu o Defensa y Justicia na última rodada. O volante Hernán Bernardello entra no lugar de Juan Ignacio Sills. O craque do time, o meia Sarmiento (4 gols, 4 assistências, 18 jogos no campeonato nacional), segue fora. Ele sofreu uma lesão e não tem previsão de retorno. 

ESCALAÇÃO DO ATLÉTICO
O técnico Fernando Diniz não deu muitas pistas sobre a escalação para a partida. “Tem bastante chance que seja a mesma formação do jogo contra o Palmeiras, mas eu estudei outras opções também”, declarou. O zagueiro Paulo André, que não atuou no domingo, devido a dores, segue como dúvida.

VANTAGEM NO PLACAR
Diniz comentou sobre a vantagem do Atlético, por ter vencido a partida de ida por 3 a 0. “Estamos nos preparando para uma grande pressão”, disse. “A Champions League nos deu grandes exemplos de uma situação como essa, com um resultado positivo em casa e depois um sofrimento”, explicou. “Acho o Newell’s uma grande equipe e muito bem treinada. Tem uma torcida apaixonada, que vai fazer tudo para que o time jogue bem”, declarou. “O time tem prioridades, mas não exclusividades. Quando der para jogar, tem que jogar, mas se não der, tem que marcar. Temos que saber jogar o jogo”, argumentou.

NEWELL´S x ATLÉTICO
Newell´s:  Ibáñez; Facundo Nadalín, Bruno Bianchi, Fontanini e Ferroni; Fértoli, Bernardello, Rivero, Figueroa e Alexis Rodríguez; Leal. Técnico: Omar De Felippe
Atlético: Santos; Pavez, Paulo André (Zé Ivaldo) e Thiago Heleno; Rossetto, Lucho González, Camacho e Renan Lodi; Nikão, Guilherme e Pablo. Técnico: Fernando Diniz
Árbitro: Carlos Orbe (Equador)
Local: Estádio Marcelo Bielsa, em Rosário, às 19h15

 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES