Rubro Negro

Atlético vence e dispara na liderança do estadual

O Atlético disparou na liderança do Campeonato Paranaense. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Iguaçu, ontem à noite, ampliou para quatro pontos a vantagem em relação ao Coritiba, que tem uma partida a menos e está na segunda colocação.
Com o resultado de ontem, o time se manteve invicto em 2009, mesmo com a série de testes feitas pelo técnico Geninho. Ontem foi a vez do treinador dar a primeira oportunidade no ano a Vinícius, Juninho, Renan e Wallyson.
O grande nome do jogo foi Marcinho, que marcou dois gols. Ele é o mais cotado para ocupar a condição de ídolo, depois da saída do meia Ferreira, negociado na terça-feira com o FC Dallas.
Mesmo com cinco mudanças em relação ao último jogo, o Atlético dominou o jogo desde o primeiro tempo. O Iguaçu tentou jogar com velocidade e atacar pelas laterais, mas encontrou um adversário forte na defesa. O time da capital recuava bastante e permitia que o meio-campo do Iguaçu chegasse até a intermediária. A partir dali, porém, a marcação era forte.
O Atlético mostrou qualidade em alguns contra-ataques e principalmente nas tabelas rápidas pelo meio. O primeiro gol saiu em uma jogada dessas, aos 31. Renan, Márcio Azevedo e Rafael Moura trocaram passes e deixaram Marcinho livre para marcar.
O time do Interior tentou reagir no segundo tempo, mas não conseguiu equilibrar a disputa no meio-campo. Aos 16 minutos, Renan aproveitou um passe errado da defesa do Iguaçu e tocou para Marcinho, livre na meia-lua. Ele chutou forte e marcou seu terceiro gol no Campeonato Paranaense – o segundo de fora da área.
Depois do gol, o Iguaçu se perdeu na partida e virou uma presa fácil para o Atlético, que evitou correr riscos desnecessários e administrou o jogo até o apito final.
O técnico Geninho ficou satisfeito com o desempenho da equipe, principalmente no aspecto tático. “Foi um dos jogos que melhor administramos”, disse. “Foi um  jogos que sofremos menos riscos. O adversário teve duas ou três jogadas. E nós poderíamos ter ampliado”, afirmou. “O jogo era complicado mas se tornou tranqüilo”, completou.

EM UNIÃO DA VITÓRIA
IGUAÇU: 0
Leandro; Jean (George), Ronaldo, Branca e Wellington; Nivaldo, Rafinha, Revson e Danielzinho; Flávio (Rafael Vaz) e Washington (Marquinhos).
Técnico: Luciano Gusso

ATLÉTICO: 2
Vinícius; Rhodolfo, Antonio Carlos e Juninho (Chico); Zé Antonio, Valencia, Renan, Marcinho e Márcio Azevedo; Rafael Moura (Lima) e Wallyson (Gabriel Pimba). Técnico: Geninho

Gols: Marcinho (31-1º e 16-2º),
Cartões amarelos: Marcio Azevedo, Vinícius (A). Revson, Flávio, George (I)
Árbitro: José Ricardo Bigaski Stolle
Local: Estádio Antiocho Pereira, ontem