Publicidade
Sub-23

Atlético vence o Avaí pelo Brasileiro de Aspirantes

Atlético vence o Avaí pelo Brasileiro de Aspirantes
Matheus Anjos enfrenta o Avaí pelo Brasileiro de Aspirantes (Foto: Divulgação/Atleticoparanaense.com/Miguel Locatelli)

Em uma grande partida em Florianópolis (SC), o Atlético Paranaense venceu o Avaí, nesta quarta-feira (20), pelo Brasileirão de Aspirantes. Pela segunda rodada da competição, o Rubro-Negro derrotou o time catarinense de virada, por 3 a 2, com gols de Eder, Weverton e Yago.
 
Com o resultado, o time atleticano chegou aos quatro pontos em dois jogos no Grupo A da competição e lidera momentaneamente a chave.
 
O próximo compromisso do Furacão no torneio será em julho. O Rubro-Negro encara o clássico diante do Coritiba no dia 8 de julho, às 15h, no Estádio Joaquim Américo.
 
Além do Coritiba, o Atlético Paranaense ainda enfrenta na primeira fase o Bahia [12 de julho], Figueirense, Chapecoense, Santa Cruz e Internacional.

A competição é voltada para jogadores sub-23. Na relação de cada jogo, podem constar apenas quatro jogadores acima de 23 anos (um goleiro e três de linha). 

O Atlético compõe o Grupo A e encara as equipes do Grupo B nesta etapa. Depois de oito rodadas, os quatro melhores de cada chave se classificam. Na fase seguinte, serão formados outros dois grupos.

Clique aqui para ver a tabela da competição no site da CBF.

Avaí 2x3 Atlético Paranaense
Avaí: Kozlinski; Weslei, Gustavo, Maurício e João Paulo; Lucas Falcão (Paquetá) Rafinha, Lourenço (Marcinho) e Lucas de Sá (Caio Paulista); Vitor (Devid) e Luanzinho. Técnico: Fabrício Bento
Atlético Paranaense: Juliano; Diego, Daniel (Weverton) , Eder e Nicolas; Arthur Sananduva e Gabriel Baralhas; Caprini (Bill), Matheus Anjos (Estefano) e Giovanny (Yago); Alex Sandro (Demethryus). Técnico: Tiago Nunes
Gols: Gabriel Baralhas (contra, 4-1º), Lourenço (11-2º), Eder (31-1), Weverton (23-2) e Yago (27-2)
Cartões amarelos: Daniel, aos 10’ do 1º tempo; Arthur Sananduva, aos 28’ do 2º tempo
Árbitro: Eduardo Cordeiro Guimarães (SC)
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC) 

PRIMEIRO TEMPO
Com apenas quatro minutos de jogo, o Avaí conseguiu abrir o marcador na Ressacada. Depois de falta cobrada da direita, a bola desviou em Gabriel Baralhas na pequena área e foi parar no fundo das redes.
 
Depois da pressão inicial do clube da casa, o Furacão equilibrou as ações e quase chegou ao empate aos 15 minutos. Alex Sandro puxou um grande contra-ataque. Ele arrancou desde o meio-campo e finalizou da entrada da área, mas o goleiro Kozlinski evitou a igualdade no marcador!
 
Quatro minutos depois, mais uma grande oportunidade com Alex Sandro. Caprini ajeitou na área e o camisa 9 finalizou da marca do pênalti, de perna esquerda, por cima da meta do time catarinense.
 
O Rubro-Negro passou a dominar o duelo e empatou aos 31 minutos. Matheus Anjos cobrou falta da esquerda e Eder testou firme para o fundo das redes! 1 a 1.
 
A virada quase saiu aos 43 minutos. Giovanny ajeitou para Alex Sandro após cobrança de falta. Ele finalizou por cima do gol do Avaí!
 
SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com uma oportunidade para o time da casa, logo aos seis minutos. Depois do cruzamento da direita, Diego apareceu bem no lance para evitar a conclusão de Rafinha e fazer o corte quase em cima da linha!
 
Aos 11’, o Avaí ficou de novo na frente do placar. Lourenço aproveitou bola em profundidade para tocar por cima do goleiro Juliano e fazer 2 a 1.
 
Em busca do empate, Tiago Nunes promoveu três mudanças aos 17’: Saíram Daniel, Giovanny e Caprini, para as entradas de Weverton, Yago e Bill.
 
E as substituições funcionaram rápido. Aos 23’, Weverton pegou a sobra na área após cobrança de escanteio. O zagueiro dominou bonito no peito e bateu de perna esquerda no canto esquerdo do goleiro! 2 a 2!
 
A virada veio na sequência, aos 27’, com mais um jogador que tinha acabado de entrar. Yago recebeu lindo passe em profundidade. Com tranquilidade, ele driblou o goleiro e mandou pras redes! 3 a 2 para o Furacão!
 
Aos 32’, quase veio o quarto gol. Yago recebeu pela direita, invadiu a área e tocou para Bill. Ele finalizou e a zaga cortou em cima da linha!
 
Com a desvantagem no marcador, o Avaí foi ao ataque e deu espaços ao Rubro-Negro. Nenhum dos dois times conseguiu modificar o placar até o apito final do árbitro, aos 50’ minutos.

DESTAQUES DOS EDITORES