Libertadores

ATUAÇÕES: Ruben, Cirino e Azevedo foram os piores do Athletico contra o Boca

Marco Ruben lamenta
Marco Ruben lamenta (Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Boca Juniors, nessa quarta-feira (dia 24), na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Veja abaixo análise do desempenho individual dos jogadores do Furacão:

Santos (6,0)
Fez duas boas defesa. Errou uma reposição de bola.

Jonathan (5,5)
Irregular. Acertou três bons lances ofensivos, mas cometeu erros.

Léo Pereira (5,5)
Uma saída errada. Fora isso, bem nos passes e na defesa.

Pedro Henrique (5,5)
Parou dez ataques do Boca. Chegou um pouco atrasado no lance do gol.

Márcio Azevedo (5,0)
Três boas ações defensivas, mas cometeu suas falhas.

Lucho González (5,5)
Tentou comandar a saída de bola, mas não conseguiu. Participou pouco.

Tomás Andrade (sem nota)
Entrou aos 41-2º. Jogou pouco tempo. Sem nota.

Bruno Guimarães (6,5)
Acertou uma bola na trave. O mais criativo do time. Um erro na defesa.

Marcelo Cirino (5,0)
Errou 48% dos passes. Dois bons dribles. Fora isso, quase nada.

Vitinho (sem nota)
Entrou aos 35-2º. Jogou pouco tempo. Sem nota.

Nikão (5,5)
Um chute perigoso. Começou bem duas jogadas. Faltou precisão ao definir.

Bruno Nazário (5,5)
Entrou aos 22-2º. Acertou os 6 passes que tentou. Faltou participar mais.

Rony (7,0)
Correu, driblou e lutou. Infernizou o adversário. Um pouco afoito em alguns lances.

Marco Ruben (4,5)
Um cabeceio perigoso. Perdeu um pênalti. Fora isso, quase nada.