Dias de calor

Aumento do consumo prejudica abastecimento de água em seis municípios da Grande Curitiba neste domingo

Os dias de muito calor fez aumentar o consumo de água na Grande Curitiba. Pelo menos seis municípios da região, incluindo a Capital, tiveram ou estão com problemas de abastecimento por conta do nível dos reservatórios em bairros estarem baixos. Desde o sábado (15), Curitiba, Colombo, Almirante Tamandaré, Campina Grande do Sul, Quatro Barras e Fazenda Rio Grande, estão com abastecimento prejudicado em alguns bairros.

A Sanepar informou que, no sábado, em razão do alto consumo e dos baixos níveis de reservação foi necessário o fechamento dos setores de distribuição de água da Vila Guarani, na região de Curitiba e de Colombo. Mesmo com as manobras que foram feitas, poderia faltar água nas regiões dos bairros Santa Cândida e Atuba, em Curitiba, e nos bairros Mauá, Guaraituba, Palmital, Atuba, Vila Zumbi, Campo Pequeno, Guarani, Maracanã, Monza, Rio Pequeno e São Gabriel, em Colombo. A previsão é a de que o abastecimento devesse voltar à normalidade ao meio dia deste domingo (16) e será de forma gradativa.

O problema também atingiu as unidades de bombeamento e de armazenamento de água do Alto Santa Felicidade, em Curitiba, que provocoudesabastecimento em bairros de Almirante Tamandaré e de Curitiba, no sábado. Os bairros afetados em Almirante Tamandaré foram Colônia, Lamenha Grande, Dragão Verde, Nápolis, Solar Tanguá, Santa Maria, Santa Fé, Tanguá e Nossa Senhora do Pilar. Em Curitiba, as regiões comprometidas foram Butiatuvinha, Lamenha Pequena e Santa Felicidade. O abastecimento deveria voltar à normalidade a partir das 8 horas deste domingo e de forma gradativa.

Ainda em Curitiba, houve redução no nível mínimo operacional de água na área do Campo de Santana, em Curitiba, no sábado, afetando as regiões dos bairros Campo de Santana, Cachimba, CIC, Ganchinho e Tatuquara. A previsão é a de que o abastecimento voltasse à normalidade durante a partir das 9h do domingo de forma gradativa.

Neste domingo, o reservatório Monte Santo, em Almirante Tamandaré, amanheceu com o nível de água baixo. Com o consumo alto, poderia ocorrer desabastecimento nos bairros São Jorge, Cachoeira, Roma, Gramado, Monte Santo e São Francisco. Se chegar a faltar, a previsão é a de que o abastecimento só volte à normalidade na madrugada da segunda-feira (17) e será de forma gradativa.

Ainda ficou paralisado o sistema de bombeamento de água do Jardim Nezita, que abastece parte dos moradores de Quatro Barras e de Campina Grande do Sul, no sábado, em razão dos baixos níveis de reservação. Por esta razão, poderia faltar água nas regiões dos bairros Graciosa, Nossa Senhora das Graças e Jardim Menino Deus, na cidade de Quatro Barras. E em Campina Grande do Sul o abastecimento poderia ficar afetado nas regiões dos bairros Jardim Graciosa, Jardim Ipanema, Jardim Nezita, Jardim Paulista, Jardim Santa Fé, Jardim Nossa Senhora das Graças, Timbu Velho e Vila Cosme. A previsão era de que o abastecimento voltasse à normalidade às 6h deste domingo e de forma gradativa.

Em Fazenda Rio Grande, o reservatório Despique que abastece parte da cidade estava com nível mínimo de operação neste domingo. Por esta razão, pode falta água nas regiões dos bairros dos Estados, Eucaliptos, Gralha Azul, Jardim Veneza, Colonial, Nações, Santarém, Palmeiras, Sol-Levante, Santa Helena, Santa Maria, Santa Terezinha, São Sebastião, Hortência, Iguaçu. A previsão é a de que o abastecimento volte à normalidade durante a madrugada da segunda-feira (17) e será de forma gradativa.

São José dos Pinhais
A Sanepar informa que a estação de tratamento de água Cotia, que abastece aos moradores de São José dos Pinhais, estava sem energia neste domingo (16). A paralisação do sistema de produção de água pode provocar falta de água para cerca de 40% dos moradores da cidade. A Copel trabalha para restaurar a rede, danificada pelas chuvas e quedas de árvores, ainda sem prazo para conclusão. O abastecimento deve volta à normalidade cerca de 8h após o retorno da energia e será de forma gradativa.