Publicidade

Autuori se diz satisfeito com atuação do Botafogo: 'Não tinha como esperar mais'

Apesar da classificação suada do Botafogo para as semifinais da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, o técnico Paulo Autuori ressaltou a importância do time poder sonhar ainda com o título. Tudo após o empate sem gols com a Portuguesa, nesta quarta-feira à noite, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.

"Não tinha como esperar mais. Fizemos algumas alterações na equipe, que começou já pensando em uma classificação para jogar com o time bem no domingo. Tivemos oito sessões de treinos para fazer dois jogos em três dias. Depois de 90 dias parados, estou satisfeito", avaliou.

O técnico explicou algumas mudanças feitas no time, como a ausência do experiente Cícero. "Aproveitamos o jogo para ver alguns jogadores que não vínhamos utilizando. Precisamos ter uma noção clara do que o futuro nos espera em relação aos jogadores que temos dentro do grupo. Jogo serviu bastante. Tivemos chances reais de gols, com três bolas na trave no primeiro tempo. Segundo tempo não criamos muito, o que acabou sendo normal pelas substituições. Estou satisfeito pela equipe ter apresentado coisas interessantes em dois jogos com pouco espaço de tempo", ressaltou.

Por outro lado, ele voltou a criticar a organização da competição ao dizer que não sabe onde vai jogar no fim de semana pelas semifinais. "Ainda não se sabe onde vai ser o jogo de domingo, o que é normal dentro do Campeonato Carioca. Mas estamos nos preparando para esse jogo", garantiu. E continuou reforçando sua posição de protesto com a volta precipitada da competição.

"Temos que buscar solução. Continuo achando absurdo ter voltado a jogar com tão pouco tempo. Descaso com a integridade física dos jogadores. O Botafogo tomou decisão de preservar as vidas. Nós tínhamos tempo suficiente. O Campeonato Carioca vai parar e os demais Estaduais vão estar iniciando. O tempo parado até o Brasileiro vai ser ruim. Era uma questão de bom senso. É o único estado que houve essa pressão de voltar. Cada dia fica mais claro que não havia necessidade disso. A gente vê claramente atitudes da federação de retaliação muito clara dos clubes que se opuseram. Vamos fazer o que é de melhor, preservar vidas", concluiu.

Autuori completou apenas seu sexto jogo no comando do Botafogo. Se antes do confronto ele já tinha provocado irritação dos dirigentes da Portuguesa ao questionar a origem do dinheiro que pagou a nova iluminação do estádio, após o jogo também criticou a irregularidade do gramado.

Mesmo acertando três bolas na trave no primeiro tempo, o Botafogo não melhorou na etapa final, quando o técnico pediu para seus jogadores tocarem mais a bola para tentar superar o bom sistema defensivo do adversário.

Com oito pontos, o Botafogo ficou com a segunda vaga no Grupo A e agora espera o adversário nas semifinais que será o líder do Grupo B. Antes dos três jogos desta quinta-feira pelo Grupo B, o Fluminense lidera com nove pontos, seguido pelo Volta Redonda com sete.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES