Série B

Paraná Clube fica dois pontos atrás do Vitória no fechamento da rodada

O Avaí desperdiçou uma boa chance de encostar no G4, a zona de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta quarta-feira, na Ressacada, cedeu o empate para o Vitória, por 2 a 2, sofrendo o segundo gol aos 45 minutos do segundo tempo. O jogo foi válido pela 34.ª rodada.

Ainda assim, o time catarinense ganhou quatro posições e aparece em sexto lugar, com 48 pontos. Esta também é a pontuação de Guarani, Ponte Preta e Operário-PR. Juventude e CSA, que ocupam a quarta e quinta posições, estão com 52 pontos, cada.

Com o resultado, o Vitória ficou com 38 pontos e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Paraná, com 36 pontos, é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Na rodada anterior, o Avaí tinha vencido fora o Brasil de Pelotas por 1 a 0. Mas aumentou o jejum de triunfos em casa para cinco jogos. Já o Vitória completou cinco jogos sem ganhar e continua ameaçado pelo rebaixamento. Mas agora soma 38 pontos e ocupa a 16.ª posição, dois na frente da zona de degola que é aberta pelo Paraná (36) e seguido por Figueirense (36), Botafogo-SP (33) e Oeste.

Atuando em casa e precisando da vitória para seguir vivo no campeonato, o Avaí precisou de 15 minutos para abrir o placar. Valdívia finalizou e César espalmou para escanteio. Na cobrança, a bola foi desviada na primeira trave e sobrou para o camisa 10 bater de primeira.

O problema é que o Avaí passou a administrar a posse da bola depois de abrir o placar. Se não sofreu, pouco ofereceu perigo ao goleiro rubro-negro. E assim a partida seguiu até o intervalo. Mas o recuo iria custar caro para o time catarinense.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Vico recebeu na entrada da área e deu passe preciso para Fernando Neto, que dominou e bateu na saída do goleiro para deixar tudo igual na Ressacada.

Aí o jogo ficou aberto. O Avaí tentava ir mais ao ataque, mas o Vitória tinha a esperança de encaixar algum contra-ataque. O jogo caminhava para o empate. Mas o time catarinense ficou na frente. Valdívia puxou o contra-ataque desde a intermediária e arrematou com o pé esquerdo. O goleiro César espalmou e no rebote Jonathan chutou cruzado e rasteiro para ficar em vantagem 2 a 1 - aos 32 minutos.

O Avaí, cansado, recuou e levou pressão nos últimos minutos. De tanto insistir, o Vitória empatou aos 45. Alisson Farias, do lado esquerdo, fez o levantamento para o outro lado. Léo Ceará apareceu no alto, na segunda trave e cabeceou forte para as redes.

Pela 35.ª rodada, o Avaí vai enfrentar o CSA, sábado, às 16h30, no estádio Rei Pelé em Maceió. O Vitória receberá no Barradão a Chapecoense, domingo, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 X 2 VITÓRIA

AVAÍ - Glédson; Fagner Alemão (Renato), Alan Costa e Betão; Edilson, Ralf, Pedro Costa (Rafael Pereira), Valdívia (Leandrinho) e João Lucas; Ronaldo Silva (Jonathan) e Romulo (Vinícius Leite). Técnico: Claudinei Oliveira.

VITÓRIA - César; Van, Wallace Reis, João Victor e Rafael Carioca (Leocovick); Matheus Frizzo (Lucas Cândido), Fernando Neto, Gerson Magrão (Caíque Souza e Samuel) e Thiago Lopes; Vico (Alisson Farias) e Léo Ceará. Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS - Valdívia aos 15 minutos do primeiro tempo. Fernando Neto a um, Jonathan, aos 32, e Léo Ceará, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhães de Mirada (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Fagner Alemão (Avaí). Caíque Souza, Rafael Carioca e Mateus Frizzo (Vitória).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).