Energia elétrica

Bandeira vermelha pode aumentar tarifas em mais de 20%

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) André Pepitone, afirmou ontem, que o órgão regulador irá definir os novos valores das bandeiras tarifárias até o final de junho. Segundo o diretor, o reajuste do patamar mais alto, a bandeira vermelha 2, deve ultrapassar os 20%, como previsto na consulta pública da Aneel.
Diante da seca histórica nos principais reservatórios das usinas hidrelétricas, o entendimento é de que será preciso aumentar os valores por conta do maior uso de usinas térmicas, necessárias para garantir o abastecimento.